Ponte Preta faz 3 a 0 e Grêmio volta a decepcionar fora de casa

Após tropeçar contra o lanterna América-MG no fim de semana, ao empatar por 2 a 2, o time campineiro se recuperou jogando em Campinas

Por O Dia

Campinas - 

O técnico Eduardo Baptista havia adiantado que a Ponte Preta não faz duas partidas ruins. E foi justamente isso o que aconteceu na noite desta quarta-feira. Após tropeçar contra o lanterna América-MG no fim de semana, ao empatar por 2 a 2, o time campineiro se recuperou e venceu o Grêmio por 3 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em um confronto direto por uma vaga no G4 do Campeonato Brasileiro. O jogo foi válido pela 25ª rodada.

Invicta há nove jogos - sete vitórias e dois empates - diante de seus torcedores, a Ponte encostou na zona de classificação para a Copa Libertadores ao somar seu 38.º ponto, em sexto lugar, deixando para trás o próprio Grêmio.

Com boa atuação%2C a Ponte Preta venceu o Grêmio por 3 a 0 em CampinasPontePress/FábioLeoni/Divulgação

Sem vencer há mais de um mês, o time gaúcho estacionou nos 37 e segue despencando na tabela. Está em oitavo, cada vez mais distante do G4. Foi o segundo tropeço seguido fora de casa do Grêmio no Brasileirão. Antes do empate sem gols com o Palmeiras no fim de semana, a equipe gaúcha havia sido goleada pelo Coritiba por 4 a 0, no Paraná.

O JOGO

O primeiro tempo em Campinas teve a Ponte Preta com mais posse de bola e criando pelo menos três boas oportunidades, enquanto o Grêmio apostava no contra-ataque. Aos 25, Maycon cobrou falta e Marcelo Grohe foi buscar no ângulo. Depois, Douglas Grolli acertou o travessão de cabeça e Pottker desperdiçou uma chance incrível ao chutar por cima. No único lance de perigo dos visitantes, Luan aproveitou cruzamento de Bolaños e cabeceou na rede pelo lado de fora.

O Grêmio assustou os torcedores pontepretanos logo aos dois minutos da etapa final em chute de Marcelo Oliveira defendido por Aranha. A resposta foi fulminante. Aos 7, Reinaldo cobrou falta do lado direito e Fábio Ferreira desviou de ombro, abrindo o placar.

Depois, o time gaúcho se lançou ao ataque e deu espaço para o contra-ataque, levando o segundo gol aos 30 minutos. William Pottker recebeu de Reinaldo e cruzou na cabeça de Roger, que mandou no cantinho de Marcelo Grohe, acabando com as esperanças do adversário.

Mas o jogo não acabou aí. Aos 46 minutos, Roger foi empurrado pelas costas por Geromel e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Pottker bateu forte no canto direito de Grohe, fechando o placar em 3 a 0.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 26ª rodada A Ponte Preta encara a Chapecoense, às 16 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), enquanto o Grêmio recebe o Fluminense, no mesmo horário, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).