Coritiba vence, respira e praticamente tira o Atlético-MG da briga pelo título

Equipe paranaense derrotou o Galo em duelo no Couto Pereira

Por O Dia

Paraná - O Atlético-MG praticamente deu adeus ao título de campeão brasileiro de 2016 ao perder neste domingo por 2 a 0 para o Coritiba, em partida disputada no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 60 pontos, e restando quatro partidas para o fim da competição, o time mineiro está a dez do líder Palmeiras, na quarta posição. O Coritiba, por sua vez, segue firme na luta contra o rebaixamento, agora com 42 pontos, no 14.º lugar. Os gols da partida foram marcados por Raphael Veiga e Kleber, de pênalti, no segundo tempo.

Depois de início sonolento, Victor, aos 17 minutos da etapa inicial, salvou o Atlético-MG de levar o primeiro gol em chute de Kleber, que recebeu da esquerda, dominou e bateu de direita. O goleiro do time mineiro caiu à esquerda para fazer a defesa. No minuto seguinte Iago cabeceou na rede pelo lado de fora, aproveitando cruzamento da direita. O Atlético-MG encontrava dificuldades para romper a defesa adversária.

No entanto, aos 21 minutos, o time alvinegro conseguiu boa trama em tabela de Lucas Pratto e Fábio Santos. Ao receber para a finalização, porém, o argentino foi travado por Amaral. Do outro lado, Victor fez outra excelente defesa em cobrança de falta próximo à área por César Gonzalez, aos 29 minutos.

O Coritiba era melhor em campo. No que já havia se transformado em um duelo com Kleber, Victor impediu, mais uma vez, que o atacante abrisse o placar em chute da direita aos 36 minutos, na última boa chance antes do intervalo.

Já na segunda etapa, o Coritiba, enfim, chegou ao gol aos 8 minutos. O placar foi alterado em chute de fora da área de Raphael Veiga, no ângulo, sem chances para Victor. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

Aos 12 minutos, Otero experimentou de fora da área, mas Wilson defendeu. Atrás no placar, o Atlético-MG passou a pressionar. O time mantinha a bola no campo adversário, mas sem finalização. Aos 21 minutos, Kazim chutou forte e Victor espalmou pra fora. A bola ainda raspou o travessão antes de sair.

Robinho, que entrou em substituição a Luan, chutou próximo da grande área aos 27 minutos, mas errou por muito, por cima da meta de Wilson. Marcelo Oliveira ainda trocou Otero por Fred, também para tentar a reação, sem sucesso. Ao longo de todo o segundo tempo, o time de Minas conseguiu apenas uma finalização, a de Otero, aos 12 minutos.

Já nos acréscimos, aos 48 minutos, o juiz marcou pênalti de Patric em Kazim. Kleber bateu e sacramentou a vitória em casa. O próximo compromisso do Atlético-MG é contra o Palmeiras, no dia 17, no Independência, em Belo Horizonte. A partida está marcada para as 21 horas. O Coritiba recebe o Santa Cruz no dia 16, no Couto Pereira, também às 21 horas.