Por conta de atraso no pagamento de salários, clube perde pontos e recebe multa

Santa Cruz foi o primeiro time brasileiro a receber punição com base no fair play financeiro, perdendo três pontos na última edição do Brasileirão

Por O Dia

Rio - O problema de atraso no pagamento de salários a jogadores já é recorrente no futebol brasileiro, principalmente por conta da falta de punição aos clubes. No entanto, esse cenário pode mudar, principalmente depois da decisão do STJD que pune o Santa Cruz por infrações ao fair play financeiro.

Santa Cruz acabou rebaixado na última edição da Série ADivulgação

Disputando a Série A do Brasileirão no ano passado, o Santinha foi denunciado pela Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf). Julgado por conta da infração, cometida no ano passado, o clube pernambucano foi condenado apenas nesta quinta.

O Pleno do STJD decidiu punir o Santa Cruz com a perda de três pontos no Brasileirão de 2016, além de implicar uma multa de R$ 30 mil ao Tricolor Pernambucano, que não deixou a 19ª colocação na tabela da competição.

Segundo o regulamento, todo time que atrasar o pagamento de salários em 30 dias ou mais, está sujeito a sanções como a perda de três pontos por partida a ser disputada. Caso não haja nenhuma partida prevista, como foi o caso do Santa Cruz, a pena é fixada em três pontos.