Botafogo mostra superioridade e quebra jejum contra o Vasco no Nilton Santos

Glorioso venceu o clássico e interrompeu série negativa contra o Gigante

Por O Dia

Rio - O jejum de quatro anos sem vencer o Vasco foi exterminado pelo Botafogo. Em duelo nesta quarta-feira no Nilton Santos, o Glorioso foi superior e derrotou a equipe da Colina por 3 a 1. A vitória foi a segunda consecutiva da equipe alvinegra no Brasileirão.

Os gols do Botafogo foram marcados por Roger, dois, e Victor Luis. Caio Monteiro descontou para o Gigante. O resultado manteve o Vasco sem conseguir pontuar nenhuma vez em outro campo que não seja São Januário no Brasileiro.

Na próxima rodada, o Glorioso joga contra o Avaí, na segunda-feira. O Gigante da Colina também tem um compromisso em casa. O rival será o Atlético-GO, em São Januário, neste domingo.

Roger fez dois gols na vitória do BotafogoAlexandre Brum / Agência O Dia

O JOGO

Atuando em casa, não demorou muito para o Botafogo sair na frente. Aos quatro minutos, Bruno Silva fez bela jogada pela direita e cruzou, Roger resvalou para o fundo das redes, abrindo o placar para o clube de General Severiano.

Precisando do empate, o Vasco passou a ter mais a posse de bola. Porém, faltava criatividada ao time da Colina. As principais jogadas do Gigante eram em lances de bola parada. O clube de São Januário abusava dos cruzamentos que não eram eficazes.

Torcida do Botafogo comemorou vitóriaAlexandre Brum / Agência O Dia

No último lance do primeiro tempo, o Glorioso conseguiu ampliar. Em cobrança de falta, Victor Luis acertou uma bomba, sem chances de defesa para o goleiro Martín Silva, que só pulou na bola para sair na foto.

O segundo tempo começou com o Vasco buscando o empate. Sem muita organização, a equipe da Colina buscava mais as jogadas ofensivas, depois da entrada de Paulo Victor no lugar de Yago Pikachu. 

Porém, que voltou a marcar foi o Botafogo. Aos 14 minutos, João Paulo lançou Bruno Silva na área. Breno afastou mal e a bola sobrou para Roger marcar o seu segundo gol no clássico do Nilton Santos.

Após a vantagem alvinegra aumentar, o Vasco tentou reduzir a diferença e foi para a pressão. Aos 38 minutos, o Gigante marcou. Caio Monteiro diminuiu para o clube da Colina, mas o resultado já estava decidido para o Glorioso.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 1 VASCO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Renda/ Público: R$ 363.610,00/ 13.287 pagantes
Cartões amarelos: Victor Luís, Joel Carli, Roger, João Paulo e Dudu Cearense (Botafogo)
Cartões vermelhos: -
GOLS : BOTAFOGO: Roger, aos 4min do primeiro tempo e 15min do segundo tempo; Victor Luís, aos 49min do primeiro tempo/ VASCO: Caio Monteiro, aos 39min do segundo tempo

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso (Montillo), Bruno Silva (Guilherme), Matheus Fernandes (Dudu Cearense) e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger/ Técnico: Jair Ventura

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique (Madson); Jean, Douglas, Yago Pikachu (Paulo Vitor), Mateus Vital (Caio Monteiro) e Nenê; Luis Fabiano / Técnico: Milton Mendes