Não resistiu! Rodada do Brasileirão faz mais uma vítima e treinador é demitido

Campanha irregular da equipe fez o comandante perder o seu cargo

Por O Dia

Bahia - O Bahia voltará a mudar de treinador no Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, o clube anunciou a demissão do técnico Jorginho, um dia apenas após o time perder para o Sport, na Fonte Nova, em partida válida pela 17ª rodada da competição nacional. 

O Bahia iniciou a temporada e o Brasileirão sob o comando de Guto Ferreira, que decidiu deixar o time após receber uma proposta para assumir o Internacional. A diretoria, então, escolheu Jorginho para sucedê-lo, sendo anunciado em 1º de junho Assim, durou exatamente dois meses no cargo. 

Jorginho deixou o comando do clube baianoDivulgação

No total, Jorginho comandou o Bahia em 14 jogos no Brasileirão, com quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas, as duas últimas para Santos e Sport, o que deixou o time em 14º lugar, com 19 pontos, e pesou para a sua demissão, assim como a sequência de cinco jogos sem vitórias como mandante. 

Ao anunciar a demissão de Jorginho, o Bahia explicou que o auxiliar técnico Luis Carlos Quintanilha e o preparador físico Joelton Urtiga também foram desligados. Já o nome do substituto de Jorginho ainda não foi definido pela diretoria. 

Confira a nota do clube baiano:

"O Esporte Clube Bahia comunica que Jorginho não é mais o técnico do Tricolor.

O auxiliar Luis Carlos Quintanilha e o preparador físico Joelton Urtiga também deixam o Esquadrão", afirmou o clube em um comunicado oficial.

Enquanto isso, o Bahia será comandado de modo interino pelo auxiliar técnico Preto Casagrande. Isso inclui o duelo da próxima quarta-feira, contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela 18ª rodada do Brasileirão. 

"O auxiliar Preto Casagrande comandará a equipe de maneira interina no jogo desta quarta-feira, contra a Chapecoense, em Santa Catarina. O diretor de futebol Diego Cerri atenderá a imprensa no embarque da delegação, nesta segunda. O Bahia agradece os serviços prestado e deseja boa sorte no prosseguimento da carreira de Jorginho, Luisinho e Joelton"