Ex-atacante do Botafogo é suspenso por nove jogos após pancadaria. Confira vídeo

Bill e Zé Carlos se desentenderam, receberam o cartão vermelho e continuaram trocando ofensas e socos fora do campo de jogo

Por O Dia

Rio - O julgamento dos atacantes Bill, do América-MG, e Zé Carlos, do CRB, aconteceu nesta sexta-feira, na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio. E o júri resolveu não aliviar a situação de ambos. Pela maioria de votos, os jogadores foram punidos com nove jogos de suspensão pela expulsão e briga no duelo dos times, no dia 4 de agosto, em Maceió, pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Na ocasião, Bill e Zé Carlos se desentenderam, receberam o cartão vermelho e continuaram trocando ofensas e socos fora do campo de jogo. O agravante do conflito é que aconteceu próximo do alambrado e, no entender da promotoria, poderia gerar um conflito geral entre torcedores, aumentando assim a violência na partida.

A briga entre os dois atacantes deixou o jogo parado por seis minutos. No final, o CRB venceu por 2 a 1 no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Como os dois jogadores já cumpriram a suspensão automática de um jogo pela expulsão, ambos ficarão mais oito partidas como desfalques de seu time. Há, porém, a possibilidade de recurso.

Bill, de 33 anos, chegou ao América-MG nesta temporada. O jogador já passou por clubes importantes como Botafogo, Corinthians, Santos e Coritiba. Zé Carlos é ainda mais experiente, tem 34 anos, e já jogou no Cruzeiro, Portuguesa, Ponte Preta, entre outros times.