Por fabio.klotz

Rio - Com o time titular, o Vasco derrotou os reservas do Botafogo, neste domingo, no Maracanã, por 1 a 0. O primeiro clássico do Campeonato Carioca deixou a desejar. O jogo foi fraco tecnicamente, com pouca emoção e muitos erros. O Cruzmaltino, que tomou a iniciativa do duelo e sempre atacou mais, foi recompensado pela atitude em campo. O Gigante da Colina emplacou a terceira vitória consecutiva, todas sem levar gols.

Thalles mostrou estrela e virou herói do Vasco no MaracanãCarlos Moraes / Agência O Dia

O Vasco está na vice-liderança do Estadual com 11 pontos. O Botafogo, na nona colocação com cinco pontos, vê o G-4 mais distante: está a cinco pontos do Nova Iguaçu, quarto lugar. Porém, o foco do Alvinegro é na Libertadores e no jogo contra o Deportivo Quito, na quarta. Por isso mandou os reservas a campo no Maracanã.

>>> MAIS CARIOCA: Confira a classificação e a tabela do torneio

Na próxima rodada, na quarta-feira, às 22h, o Vasco encara o Volta Redonda no Raulino de Oliveira. O Botafogo só volta a campo pelo Carioca no fim de semana (o jogo contra o Bonsucesso foi remarcado). Porém, o Glorioso tem uma decisão nesta quarta. O Fogão encara o Deportivo Quito pela Libertadores e precisa vencer para avançar para a fase de grupos.

O JOGO

O Vasco foi superior no primeiro tempo e tomou a iniciativa do jogo. Porém, faltou caprichar no último passe e na finalização. O Botafogo apostava nos contra-ataques, mas não conseguia êxito. O duelo era fraco tecnicamente. O Cruzmaltino levou perigo com Fellipe Bastos. O volante chutou da entrada da área e obrigou Renan a salvar o Alvinegro. O goleiro foi exigido novamente, desta vez por Edmilson, e se saiu bem de novo.

>>> FOTOGALERIA: As imagens da vitória do Vasco sobre o Botafogo

Os dois clubes voltaram para o segundo tempo com alterações. O técnico Eduardo Hungaro colocou o atacante Wallyson no lugar de Octávio. No Vasco, Adilson Batista pôs Pedro Ken na vaga de Bernardo. O panorama da etapa final era semelhante ao do primeiro tempo: um jogo fraco tecnicamente e com pouca emoção.

Elias desperdiçou a melhor chance do Botafogo no clássicoMárcio Mercante / Agência O Dia

O Botafogo ameaçou em bola parada. Gegê cobrou falta e Martín Silva voou para espalmar. Renan também apareceu após cruzamento de Thalles, que entrou no lugar de Fellipe Bastos. A resposta do Glorioso foi com Elias. Após cruzamento da direita, o atacante, livre, cabeceou para fora. O Vasco não vacilou. Edmilson cruzou e Thalles ganhou pelo alto (o Fogão reclamou de falta no lance) e abriu o placar no Maracanã. O Botafogo quase empatou com Wallyson. O atacante fez jogada pela esquerda, mas parou em Martín Silva. O Gigante segurou o resultado e emplacou a terceira vitória seguida no Carioca.

FICHA TÉCNICA

Vasco 1x0 Botafogo

Local: Maracanã
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Público/Renda: 13.083/R$ 351.540,00
Cartões amarelos: Alex (Botafogo) e Aranda, Guiñazu e Martín Silva (Vasco)
Cartões vermelhos: -
Gol: Thalles (29' do 2ºT)

Vasco: Martín Silva; André Rocha, Rodrigo, Luan e Marlon; Guiñazu, Aranda, Fellipe Bastos (Thalles, aos 21' do 2ºT) e Bernardo (Pedro Ken, no intervalo); William Barbio e Edmilson (Danilo, aos 45' do 2ºT); Técnico: Adilson Batista.

Botafogo: Renan; Alex, André Bahia, Dankler e Anderson; Fabiano, Rodrigo Souto, Renato (Daniel, aos 26 do 2ºT), Gegê (Henrique, aos 30' do 2ºT) e Octávio (Wallyson, no intervalo); Elias. Técnico: Eduardo Hungaro.

Você pode gostar