Auxiliar presta queixa por ameaças de torcedores do Vasco

Rodrigo Castanheira não viu que a falta cobrada por Douglas entrou no clássico entre Vasco e Flamengo, no domingo

Por O Dia

Rodrigo Castanheira não vai trabalhar na nona rodada do CariocaAlexandre Brum / Agência O Dia

Rio - A polêmica envolvendo o auxiliar Rodrigo Castanheira ganhou um novo capítulo. Ele prestou queixa na Polícia, nesta terça-feira, após sofrer ameaças de torcedores no Vasco pela Internet. Castanheira não viu que a falta cobrada por Douglas havia entrado no gol no clássico com o Flamengo, domingo.

>>> LEIA MAIS: Humorista Geraldo Magela não perdoa erro e brinca: 'Até eu vi'

Castanheira foi até a Cidade da Polícia, na Zona Oeste, acompanhado da mulher, que é policial civil. Ele levou provas de que recebeu ameaças. Nas redes sociais, torcedores revelaram dados pessoais do auxiliar, como o endereço pessoal.

No clássico entre Vasco e Flamengo, domingo, no Maracanã, Rodrigo Castanheira não viu que a falta cobrada por Douglas havia entrado. O auxiliar não foi escalado para nenhum dos jogos da 9º rodada do Carioca.