Por pedro.logato

Rio - O clássico esvaziado pelo lado alvinegro mostra como uma mesma fórmula pode dar errado para um e servir ao outro perfeitamente. Botafogo e Flamengo, que se enfrentam neste domingo, às 18h30, no Maracanã, colocaram, desde a pré-temporada, a Libertadores como prioridade. Por isso, jogaram com o time reserva em várias rodadas. Hoje, o time de Eduardo Hungaro repete a dose, praticamente eliminado, enquanto o de Jayme de Almeida, com força máxima, mira o título da Taça Guanabara, que pode vir nesta noite, caso vença, e o mistão do Fluminense tropece diante do Duque de Caxias.

Pela nona vez no campeonato, Eduardo Hungaro mandará a campo um time repleto de reservas. Assim, ele completará a trinca dos clássicos sem usar o que tem de melhor. Ao menos, a equipe terá uma novidade que pode mudar sua cara. O paraguaio Zeballos, que marcou dois gols sobre o Flamengo na Libertadores de 2012, quando defendia o Olimpia, finalmente fará sua estreia. Atual campeão carioca , o Alvinegro conseguiu apenas 44% de aproveitamento e só continuará vivo na competição se vencer e a Cabofriense perder para o Friburguense.

O Flamengo vai a campo no domingo com a força máxima. Mas teve sucesso mesmo quando nas cinco vezes em escolheu entrar em campo com o time B ou um mistão, contra Audax, Volta Redonda, Boavista, Madureira e Bonsucesso. A equipe alternativa tem 100% de aproveitamento na competição, tendo conquistado praticamente metade dos pontos do Rubro-Negro.

Jayme pode garantir título da Taça GuanabaraMárcio Mercante / Agência O Dia

Paulinho é relacionado

Destaque na temporada passada, com ótima participação na Copa do Brasil, o atacante Paulinho é a novidade entre os jogadores relacionados pelo técnico Jayme de Almeida para o clássico de hoje diante do Botafogo, no Maracanã. Ele deve ficar no banco como uma alternativa para o comandante rubro-negro.

A última partida de Paulinho foi em 12 de fevereiro, diante do León, no México, pela Libertadores. O jogador sentiu dores no púbis. Antes disso, ele já vinha caindo de produção.

Para o clássico, o Flamengo conta com um jogador que conhece bem o atacante Zeballos, do Botafogo. O volante Cáceres defendia o Libertad e foi rival no Paraguai do novo reforço alvinegro, que era jogador do Olimpia.

“É um bom atacante. Tem de marcar de perto, não dar espaço. Ele tem uma boa batida, trata-se de um goleador”, comentou Cáceres sobre Zeballos.

Com time reserva, Hungaro apostas as últimas fichas do Botafogo no Carioca com equipe reservaDivulgação

Salários devem sair na terça

A diretoria do Botafogo promete quitar os salários de janeiro no máximo na terça-feira. Amanhã, a equipe alvinegra viaja para o Equador, onde enfrentará o Independiente Del Valle pela Libertadores. A ideia inicial era que o grupo embarcasse já com o problema resolvido, mas não há garantias para isso.

Pelo acordo do clube com os jogadores, os salários vencem sempre no dia 20 do mês seguinte. Por isso, o departamento financeiro tem que correr para evitar o atraso na folha de fevereiro, cujo prazo para o pagamento em dia já está muito próximo.

Apesar de o time ir a campo hoje com reservas e quase sem chances no Carioca, o lateral Junior Cesar vê o grupo com muita disposição. “Nossa motivação é a melhor possível para disputar o clássico. São duas equipes de tradição, e vamos entrar concentrados para fazer o melhor e sair com a vitória.”

Você pode gostar