Flu sai na frente, mas permite empate do Vasco na primeira partida da semifinal

No domingo, o Tricolor vai jogar por um empate para se classificar para a decisão do Campeonato Carioca

Por O Dia

Rio - O Fluminense vai jogar por um empate no domingo para chegar a final do Carioca. Em confronto muito equilibrado nesta quinta-feira no Maracanã, o Tricolor ficou no 1 a 1 com o Vasco, no Maracanã. Fred abriu o placar para o time das Laranjeiras e o jovem Thalles deixou tudo igual.

As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo. A vantagem do Tricolor se dá por ter terminado a primeira fase do Estadual na segunda posição e o Cruzmaltino ter ficado em terceiro. Se houver um vencedor no confronto do final de semana, ele garante a vaga na final.

Fluminense e Vasco ficaram no empate por 1 a 1André Mourão / Agência O Dia

O JOGO

O primeiro tempo entre Vasco e Fluminense foi bastante equilibrado. Precisando vencer para terminar com a vantagem do Fluminense, o clube carioca teve a primeira chance do jogo. Douglas cobrou falta, a bola passou por todo mundo e carimbou a trave de Cavalieri. No lance, os cruzmaltinos reclamaram que Rodrigo teria sido puxado por Gum. Aos 8 minutos, o Tricolor respondeu. Carlinhos cruzou na medida para Walter, o atacante cabeceou, mas o zagueiro Rodrigo cortou e salvou o Vasco.

>>> FOTOGALERIA: Flu e Vasco empatam e deixam decisão da vaga para domingo

A partida seguiu equilibrada, mas sem grandes oportunidades para ambos os lados. Porém, pouco antes do intervalo, o jogo pegou fogo novamente, com as duas equipes criando boas chances. Primeiro foi o Fluminense. Conca cruzou, Martin Silva saiu mal e Carlinhos deu uma bicicleta, a bola encobriu o goleiro, mas a zaga vascaína salvou. Depois foi a vez do clube de São Januário quase marcar. Rodrigo bateu falta, Cavalieri soltou, Edmilson chutou e o goleiro tricolor se redimiu da falha desviando a bola que ainda tocou na trave.

O Fluminense voltou um pouco melhor para a segunda etapa e conseguiu abrir o placar com 10 minutos. Jean fez boa jogada, tabelou com Conca e serviu Fred, que sem goleiro, só empurrou para o fundo das redes. Com o gol do Flu, Adilson Batista resolveu mexer por atacado na equipe. Fellipe Bastos, Diego Renan e Thalles entraram no lugar de André Rocha, Marlon e Reginaldo. Deu certo. Diego Renan cruzou e Thalles colocou para dentro.

O confronto ficou mais aberto. Renato colocou Marcos Jr. e Rafinha nos lugares de Walter e Bruno. Em contra-ataque puxado pelos dois, o atacante deixou o meia na cara do gol, mas Rafinha chutou mal e Martin Garcia defendeu. No fim, Jean foi expulso e deixou o Flu com um a menos, mas as duas equipes não conseguiram marcar o segundo gol e partida terminou empatada.


FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 1 VASCO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Público: 9.976 pagantes 
Cartões amarelos: Marlon, André Rocha, Guiñazu (VAS); Gum, Rafinha (FLU)
Cartão vermelho: Jean (FLU)
Gols: Fred, aos 10 minutos do segundo tempo (FLU) e Thalles, aos 21 minutos do segundo tempo (VAS)

FLUMINENSE
Diego Cavalieri, Bruno (Rafinha), Elivélton, Gum e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Jean e Conca; Walter (Marcos Junior e, depois, Wagner) e Fred
Técnico: Renato Gaúcho

VASCO
Martin Silva; André Rocha (Fellipe Bastos), Rodrigo, Luan e Marlon; Guiñazú, Pedro Ken e Douglas; Everton Costa, Edmilson e Reginaldo (Thalles)
Técnico: Adilson Batista