Por edsel.britto
Rio - Antes de a bola rolar para o clássico entre Flamengo e Vasco, neste domingo, aconteceu um tumulto em São Januário. Revoltados com a dificuldade em conseguir água, já que há apenas um bar disponível para os quase 2 mil rubro-negros, torcedores do Flamengo quebraram o único banheiro, agora interditado, do setor. Muito empurra-empurra e spray de pimenta.
Para amenizar a situação, funcionários do Vasco permitiram a entrada de um ambulante para vender água por uma grade e até buscaram mais alguns litros do próprio clube. Até cerveja surgiu para refrescar os ânimos. Enquanto isso, os torcedores chamavam o estádio de chiqueiro.
Torcedores do Flamengo precisam comprar água através de uma grade em São Januário Vitor Machado / Agência O DIA
Um ambulante foi chamado para vender água à torcida do Flamengo em São JanuárioVitor Machado / Agência O DIA
Funcionários do Vasco retiram vasos sanitários depredados pela torcida do FlamengoVitor Machado / Agência O DIA
Funcionários do Vasco retiram vasos sanitários depredados pela torcida do FlamengoVitor Machado / Agência O DIA


Publicidade