Flamengo e Fluminense balançam o coração de São Paulo neste domingo

Rubro-negros e tricolores de Sampa esperam com ansiedade o Fla-Flu no Pacaembu

Por O Dia

São Paulo - O clássico dos ‘manos’ deste domingo, não tem nada a ver com Timão e Porco. A ‘treta’ é outra. Flamengo e Fluminense se enfrentam às 16h, no Pacaembu, pelo Campeonato Carioca, depois de mais de 70 anos do único jogo entre as duas equipes, em São Paulo. E a torcida vai receber os dois times de braços abertos. É o que garantem a Fla Sampa e a Sampa Flu. Vai ser da hora, meu.

Como diz a canção Sampa, de Caetano Veloso, alguma coisa acontece no meu coração... O dos irmãos Vinicius e Rodrigo Fortuna, definitivamente, pulsa pelo Flamengo. Tudo começou em São Luís, no Maranhão, quando o pai, seu Alfredo, se apaixonou pelo clube. Rodrigo, o mais velho, nasceu no Rio, Vinicius já é de São Paulo, mas nada que diminua o amor pelo Rubro-Negro.

Torcedores do Fluminense prometem festa em São PauloReprodução Internet

“Meu pai é que trouxe esse amor para a família. Ele veio do Nordeste. E nosso amor só aumentou com o tempo. Transferimos isso para os nossos filhos, que são tão apaixonados pelo Flamengo quanto eu”, explica o empresário Vinicius, de 37 anos, que está na Fla Sampa desde os primeiros encontros marcados ainda na era da rede social Orkut.

A mais de 400km do Maracanã, a televisão é a maior aliada para acompanhar Guerrero, Sheik e Cuéllar. E tem até bar oficial para assistir aos jogos do Mais Querido. “Vemos os jogos no Quintal do Espeto, em Moema”, conta Rodrigo.

Na cidade de São Paulo, o amor é imprevisível. Seguindo à risca os versos de Rita Lee, foi assim que surgiu a Sampa Flu. De apenas um encontro casual de torcedores para assistir aos jogos do Tricolor, em 2001, virou ponto obrigatório de parada dos torcedores em São Paulo. Assim como a maioria dos bares do Rio, o reduto do Flu na Terra da Garoa está no bairro da Vila Olímpia.

“Começamos com a ideia de reunir os tricolores em São Paulo há 15 anos. Mudamos de bares até chegar ao atual, que faz sucesso por estar todo decorado com coisas do Fluminense. Sempre temos um ótimo número de pessoas assistindo aos jogos do time”, destacou André Albuquerque, da Sampa Flu.

Flamengo tem a quinta maior torcida da capital paulistaReprodução Internet

O clássico, que será disputado no Pacaembu, também terá um gosto de nostalgia para a maior parte dos integrantes da torcida. A grande maioria é formada por cariocas que mudaram para São Paulo. Ver um Fla-Flu perto de sua nova casa é como um flashback.

“O Fla-Flu é um dos maiores clássicos do Brasil e vai ficar ainda mais legal em um dos estádios mais charmosos de São Paulo”, completou André.

TIMES ENTRE MISTÉRIO E MUDANÇAS

A preparação de Flamengo e Fluminense para o clássico de hoje no Pacaembu foi bem diferente. Enquanto Muricy Ramalho escondeu o jogo e não deu pista de quem vai a campo, Levir Culpi praticamente definiu os seus titulares.

A atividade realizada na manhã de sábado, no Ninho do Urubu, foi aberta somente quando poucos jogadores estavam em campo treinando finalizações. Muricy tem reclamado constantemente das muitas viagens do Rubro-Negro. Já Levir repetiu a escalação do treinamento de sexta-feira, quando definiu o time com Jonathan, Gum, Gerson e Fred como novidades nos lugares de Giovanni, Marlon, Marcos Junior e Osvaldo, respectivamente.