Guerrero se livra de punição e Rodrigo é suspenso por uma partida pelo TJD-RJ

Jogadores foram julgados por polêmica em clássico

Por O Dia

Rio - Em votação bastante controversa, o TJD-RJ apenas fez uma advertência a Guerrero e puniu Rodrigo por uma partida de suspensão, devido a confusão envolvendo os dois jogadores no clássico entre Flamengo e Vasco, disputado em Brasília. Com isso, o defensor está fora do duelo contra o Fluminense, neste domingo, pela última rodada da Taça Guanabara.

Rodrigo foi suspenso por uma partidaPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Guerrero e Rodrigo se envolveram em uma polêmica que teve como momento mais agudo uma cotovelada do peruano no zagueiro. O atacante Guerrero foi enquadrado no artigo 254-A (Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente - pena: quatro a 12 partidas de suspensão), enquanto Rodrigo no 258 (Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportivo não tipificada pelas demais regras deste Código - pena: um a seis jogos de suspensão) e 243-F (Ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto - pena: suspensão de um a seis jogos e multa de R$ 100 a R$ 100 mil), respectivamente.

Guerrero escapou de ser penalizadoGilvan de Souza / FlaImagem

Além dos dois atletas, Jomar foi julgado pela expulsão na partida. Segundo o árbitro, o zagueiro "colocou as mãos na genitália e fez gestos obscenos à torcida". Ele já cumpriu suspensão automática na rodada seguinte ao Clássico dos Milhões, foi apenas advertido.