Mais Lidas

'Não é o Marin que convoca', diz Felipão sobre a volta de Ramires

Treinador deixou claro que não sofre influência do presidente da CBF

Por bernardo.argento

Rio - Ramires voltou a seleção brasileira quando ninguém mais esperava pelo estilo rígido de Felipão de não tolerar indisciplinas. O jogador viu seu nome envolvido em uma polêmica, antes da Copa das Confederações. O volante foi acusado de mentir para a comissão técnica dizendo que estava machucado para comemorar o seu aniversário com amigos e a mulher em um restaurante, no dia que deveria se apresentar para o amisto diante da Rússia.

Felipão diz que ele decide as convocações sem influências externasReuters

O presidente da CBF, José Maria Marin chegou a declarar que Ramires não vestiria mais a camisa do Brasil. Contudo, Luiz Felipe Scolari mostrou que não há influência de ninguém nas suas convocações e que ele possui total liberdade para escolher a lista de jogadores desejados. 

"Não é o Marin que convoca. Não discuti nada com ele. Quando me convidou para ser técnico, me deu condições de chamar quem quisesse. Eu que faço a relação. Ontem à tarde, ele tinha a lista. O atleta teve uma dificuldade, conversamos, entendemos e agora ele terá a oportunidade de fazer parte da Seleção novamente", sentenciou o treinador do Brasil.

No entanto, Felipão deixou claro que Ramires não está garantido na Copa de 2014. Para conseguir seu lugar na equipe, o jogador terá que suar a camisa.

"O importante é a Seleção, mas ninguém diz que ele fica ou será cortado. Ele vai ter que mostrar", disse. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia