Por rafael.arantes
Publicado 06/12/2013 16:21 | Atualizado 06/12/2013 16:31

Bahia - Otimismo e ansiedade. Desta forma Dilma Rousseff mostrou sua expectativa com a Copa do Mundo de 2014. Para abrir a cerimônia do sorteio dos grupos para o Mundial, a presidenta do Brasil marcou presença ao lado de Joseph Blatter, líder da Fifa, e garantiu que a competição será um marco mais que especial para a terra do futebol.

"A Copa no Brasil tem um significado especial, pois o futebol está em casa. Nós somos o país do futebol e ele está no coração de cada um dos brasileiros. Esta será a Copa das Copas, um evento para ninguém esquecer", afirmou Dilma.

Dilma mostra ansiedade por Copa de 2014Efe

Em relação ao sentimento dos brasileiros com o reencontro com o Mundial, a presidenta garantiu o otimismo e a ansiedade de cada um. Segundo Dilma, será um ano e uma oportunidade especial para o "verdadeiro" País do Futebol.

"O Brasil está muito feliz com esta Copa e sei que todos os visitantes ficarão muito felizes, já que poderão conhecer um Brasil que honra sua cultura e suas tradições, que preserva o imenso patrimônio da sua biodiversidade, um país que enfrentou o desafio de acabar com a miséria e criar oportunidade para todos. Este país recebe a Copa domo um único ser. Nós sabemos que será uma grande Copa", acrescentou a presidenta, que ainda mostrou otimismo com a seleção brasileira.

"Como torcedora eu estou muito otimista. Somos o único país que esteve em todas as Copas e temos uma história de sucesso no futebol. Esta é a terra do Pelé, o maior jogador de todos os tempos, do Ronaldo, o maior goleador de todas as Copas, e hoje nós temos uma seleção forte, cheia de novos craques geniais. Para fechar, temos como técnico o grande Felipão, que já é um grande campeão, e como auxiliar um outro grande vencedor, que é o Parreira. Estou muito otimista e com muita razão", concluiu.

Você pode gostar