Por pedro.logato

Bahia - O técnico da Espanha, Vicente Del Bosque, mostrou seu lado vidente na Costa do Sauípe. Ele disse que ontem de manhã, no hotel, horas antes do sorteio dos grupos da Copa, fez previsões com membros da comissão técnica e cravou Chile e Holanda como adversários — o que aconteceu. As três seleções estão no Grupo B junto com a Austrália.

Del Bosque teme o BrasilEfe

A Fúria fará sua estreia contra a Holanda, reeditando a final de 2010, dia 13 de junho na Fonte Nova, em Salvador. “Grupo complicado, claro. Há outros grupos fortes, o do Uruguai. O nosso é difícil. Antes do sorteio disse que íamos cair na mesma chave de Chile e Holanda e aconteceu”, revelou Del Bosque.

Mas o treinador estava preocupado. E falou sobre a importância de se evitar encarar o anfitrião Brasil, cabeça de chave do Grupo A, logo nas oitavas de final, o que pode acontecer se uma das duas equipes não se classificar em primeiro lugar no grupo.</CW>

Para fugir do Brasil, Del Bosque disse que a primeira partida, contra a Holanda, será fundamental para o futuro da Fúria. “Sempre quando o rival é mais fraco, há menos concentração, e a Holanda vai nos exigir o máximo. Sabemos que, para evitar o Brasil, é preciso ficar em primeiro”, avisou.

O treinador, que levou o troféu da Copa do Mundo para o sorteio, ainda reconheceu a dificuldade que terá pela frente contra o Chile, que, para ele, pratica um estilo ‘muito incômodo’:

“O Chile tem muita dedicação, é um time difícil. A Holanda mudou um pouco, mas mantêm Robben, Van Persie e Sneijder. A incógnita é a Austrália, mas nem por isso devemos menosprezá-la.”

Você pode gostar