Valcke volta a criticar atrasos em obras nos estádios da Copa do Mundo

'Os estádios serão entregues perto demais do início da primeira partida', declarou o secretário-geral da Fifa

Por O Dia

França - O secretário-geral da Fifa, Jêrome Valcke, voltou a criticar o andamento das obras para a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. Neste domingo, em entrevista a uma rádio francesa, o dirigente afirmou que a entidade máxima do futebol tem preocupações por não poder fazer testes.

Valcke mostra preocupação com a falta de testes nos estádiosReuters

"A grande dificuldade é que não temos um período de testes. Nós (da Fifa) não podemos treinar. Os estádios serão entregues perto demais do início da primeira partida", declarou à France Bleu.

Em duas semanas, este foi o segundo ataque direto à Copa no Brasil. Antes, o presidente da entidade máxima do futebol Joseph Blatter havia afirmado que este é o Mundial com mais atraso que ele já presenciou desde que trabalha na Fifa (1975).

Últimas de _legado_Copa do Mundo