Por pedro.logato

Rio - Na onda da economia surreal, que elevou os preços a níveis estratosféricos, até os ingressos para a final da Copa do Mundo entraram na dança. Segundo reportagem do jornal ‘Folha de S. Paulo’, o site Iguana Tickets (brasil.iguanatickets.com), com provedor baseado na Espanha, está negociando um bilhete de categoria 1 — que custa R$ 1.980 no site da Fifa — por inacreditáveis R$ 91.695, ou seja, um aumento de cerca de 4.600%. Na quarta à tarde, o site havia diminuído o valor, que passou para ‘apenas’ R$ 79.239 (ao lado).

O Iguana Tickets ainda oferece ingressos para a abertura da Copa, entre Brasil e Croácia, dia 12 de junho. Nesse caso, os preços vão de R$ 3.990 a R$ 19.809,75. O curioso é que para os dois jogos não há mais disponibilidade de ingressos no site da Fifa.

A entidade máxima do futebol mundial trava na Justiça uma batalha para tentar bloquear sites que comercializam ingressos da Copa. Os sites Fifa.br e Viagogo já tiveram suas vendas bloqueadas para computadores no Brasil. O Ticket Network (EUA) e o Live Football Tickets (Espanha) também estão na mira da Fifa.

GOVERNO SE VESTE CONTRA POLÊMICA

Por meio do Twitter do Ministério do Esporte, o governo federal publicou ontem uma imagem para responder à fornecedora de material esportivo alemã que havia colocado à venda duas peças polêmicas, com referências ao turismo sexual.

“O Brasil é sensacional e nós amamos esse país!”, postou o Ministério do Esporte. Até a presidenta Dilma Rousseff se manifestou contra a confecção das camisas, que já foram retiradas de circulação. A empresa pediu desculpas publicamente.

Você pode gostar