Por bernardo.argento

Inglaterra - Sem esquecer o passado, a Inglaterra busca a modernidade. Exceto no futebol. Dono de uma das ligas mais poderosas do planeta, o país da rainha Elizabeth não consegue armar uma seleção e, mesmo tendo inventado o esporte mais popular do mundo, joga da mesma maneira a décadas. Talvez por isso, só tenha um Mundial, ganho em 1966. Nada indica que, na Copa de 2014, sairá da fila de 48 anos. Até porque, está no grupo da morte com Itália, Uruguai e Costa Rica.

País que mais bebe chá no mundo, os ingleses consomem 22 vezes mais do que os americanos. Mas não é apenas desta bebida que gostam. Os pubs são tradicionais em todo o país e têm uma peculiaridade: as cervejas são preferencialmente escuras e quentes. Ou seja, por lá é impossível pedir uma ‘gelada’. Se beber pode ser uma boa, comer não é para os ingleses, que são considerados os donos de uma das piores culinárias do mundo — salva-se apenas o fish and chips (peixe com batatas).

Inglaterra terá difícil missão na Copa de 2014Reuters

A Inglaterra é um mundo de cultura — possui museus incríveis, como o Victoria & Albert, que tem como mote a decoração e o design com mais de 4,5 milhões de itens, o Tate Modern, com suas artes modernas, e o Madame Tussaud, com réplicas perfeitas de celebridades, feitas de cera. Para quem gosta de música, no século 20 ninguém fez mais do que os súditos da Rainha. Ele ditaram tendências seja com as midiáticas Spice Girls ou com as históricas bandas de rock Beatles, Rolling Stones e Queen, além do exuberante Elton John.

Ainda nas artes, o dramaturgo Willian Shakespeare, que morreu em 1616, até hoje tem suas peças montadas. Entre as mais famosas, impossível não citar ‘Romeu e Julieta’, ‘Macbeth’, ‘Otelo’ e ‘A Megera Domada’.

A capital, Londres, é incrível, com lugares que precisam ser visitados como o Big Ben, o relógio mais pontual do mundo, o Westminster, onde os reis e rainhas são coroados, e a roda gigante London Eye, que fica bem perto do palácio de Buckingham, onde mora a rainha. Uma cidade cinza pelo clima, mas ao mesmo tempo bela, que tem o rio Tâmisa separando suas duas margens, podendo ter como vista a bela Tower Bridge e seus 269 metros.

Você pode gostar