Técnico da Bósnia admite série de dúvidas para convocação da Copa do Mundo

Lesões e má fase vivida por alguns jogadores são as causas dos problemas

Por O Dia

Bósnia - A menos de dois meses do início da Copa do Mundo, o técnico da seleção bósnia, Safet Susic, admitiu em entrevista a jornalistas de seu país que existem muitas dúvidas com relação a convocação para o torneio, que acontecerá no início de maio.

Safet Susic vai comandar a seleção da Bósnia na Copa do Mundo no BrasilDivulgação

De acordo com o comandante, que disputou o Mundial de 1990 pela extinta Iugoslávia, segue incerta a participação do lateral direito Mensur Mujdza, do Freiburg, o veterano meia Elvir Rahimic, do CSKA Moscou, e os atacantes Izet Hajrovic, do Galatasaray, e Vedai Ibisevic, do Stuttgart.

O último da lista virou a dor de cabeça maior de Susic. Integrante de uma poderosa dupla ofensiva com Edin Dzeko, do Manchester City, o jogador vive má fase, sem marcar gol desde janeiro, e chegou a ser barrado pelo técnico Huub Stevens em algumas partidas.

"Isso não é nada bom, mas ainda falta algum tempo até a Copa do Mundo", garantiu o comandante, que admitiu dúvidas sobre a formação do ataque.

Susic garantiu que os jogadores que estão atuando pouco em seus clubes têm menos possibilidades de aparecer na lista para a competição, mas que no caso específico de Ibisevic, uma exceção poderá ser aberta, para que o atacante tenha chance de recuperar a forma no período de treinamentos.

Os outros casos são mais específicos. Mujdza vem sofrendo com série de lesões, Hajrovic tem atuado pouco pelo Galatasaray, e Rahimic é atleta de 38 anos.

A seleção bósnia se apresentará no dia 15 de maio em Sarajevo. Doze dias depois, o grupo embarca para os Estados Unidos, para amistoso contra o México.

No dia 15 de junho, está programada a estreia na Copa, contra a Argentina, pelo grupo F. Irã e Nigéria completam a chave.

Últimas de _legado_Copa do Mundo