Por bernardo.argento

Rio - Jerôme Valcke desembarcou nesta segunda-feira no Brasil e vai ficar no país até a Copa do Mundo. O secretário geral da Fifa irá acompanhar de perto os últimos preparativos para a disputa da competição. O dirigente terá o papel de visitar as 12 cidades-sedes, ao lado do vice-ministro do Esporte, Luis Fernandes, e o diretor executivo do Comitê Organizador Local, Ricardo Trade.

Jerôme Valcke desembarcou no Brasil para acompanhar de perto os últimos preparativos para Copa-2014Divulgação

São Paulo será a primeira cidade visitada. Neste domingo, a Arena Corinthians teve seu primeiro evento-teste para o Mundial, na partida entre Corinthians e Figueirenses, que terminou com vitória dos catarinenses por 1 a 0. Valcke, através da sua coluna, afirmou que o Brasil já respira a Copa do Mundo.

"Não restam dúvidas: vai ter Copa. Na verdade, a Copa do Mundo já chegou ao Brasil, e todo o planeta está acompanhando com expectativa. Ao longo das próximas oito semanas, estaremos juntos para escrever esta história que começou há sete anos, uma história de sucesso para todos nós: o Brasil e a FIFA", disse Valcke.

Para constatar o sucesso do Mundial, o secretário geral da Fifa utilizou pesquisas de opinião pública e citou a grande procura por ingressos.

"Houve mais de 11 milhões de solicitações de ingressos feitas até o momento, número sem precedentes na história do evento. É possível sentir a crescente expectativa entre as 32 seleções e as torcidas no Brasil e por todo o planeta. Essa sensação é enfatizada pela última pesquisa realizada em 15 importantes mercados em todo o mundo, incluindo o Brasil, pela Sponsorship Intelligence. No geral, 75% dos entrevistados têm uma opinião positiva sobre a próxima Copa do Mundo no Brasil e mais de 50% em todo o planeta estão muito entusiasmados com o evento. No Brasil, a cifra é de 57%", completou o dirigente.

Você pode gostar