Por rodrigo.hang

Argentina - A Argentina deve melhorar defensivamente se quiser ter sucesso na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A observação, que não surpreende, foi feita pelo volante Javier Mascherano, jogador do Barcelona, que concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Mascherano disse que a preocupação foi expressada várias vezes pelo técnico Alejandro Sabella, para quem a equipe fica desequilibrada com a presença de tantos jogadores ofensivos como Messi, Aguero, Hinguaín e Di María.

Mascherano diz que Argentina tem que ter bom desempenho defensivo para ir longe no MundialReuters

‚ÄúTemos muitas coisas a melhorar. Somos uma equipe que, por ser t√£o objetiva e ter jogadores de caracter√≠sticas ofensivas, acaba sofrendo um pouco na defesa‚ÄĚ, disse Mascherano no centro de treinamento da AFA (Associa√ß√£o de Futebol Argentina), na grande Buenos Aires.

O volante j√° havia classificado a equipe argentina como um time ‚Äúan√°rquico‚ÄĚ devido √† grande pot√™ncia que tem da metade do campo para a frente.

‚ÄúAcredito que o mais importante √© tentar encontrar esse equil√≠brio na parte de tr√°s, para que n√£o nos atinjam e n√£o sejamos uma equipe com falhas. Essas tr√™s semanas ser√£o importantes para conceber alguma ideia e solucionar essa situa√ß√£o‚ÄĚ, acrescentou Mascherano.

A Argentina deu in√≠cio aos treinamentos na segunda-feira com o elenco quase completo para o Mundial, a ser disputado entre 12 de junho e 13 de julho no Brasil. Em frente aos port√Ķes do campo da AFA, os torcedores montavam guarda para incentivar os jogadores e pedir que voltem com a ta√ßa.

‚ÄúFoi poss√≠vel sentir a press√£o e ansiedade nas pessoas, h√° muito que a Argentina n√£o consegue estar entre os semifinalistas de um Mundial, para um pa√≠s que gosta tanto de futebol como esse faz muito tempo‚ÄĚ, afirmou Mascherano. ‚ÄúEst√£o dadas as condi√ß√Ķes para se jogar um grande Mundial‚ÄĚ.

Na primeira rodada da Copa, a Argentina integra o Grupo F, junto com Nigéria, Irã e Bósnia. A estreia será contra os bósnios, no dia 25 de junho, às 19h (de Brasília), no Maracanã.

Você pode gostar