Por victor.abreu

Teresópolis - Em meio ao luxo e o glamour que cerca a Seleção, uma montanha de lixo cresce a cada dia. O chorume escorre por baixo das caçambas, e o mau cheiro polui o ar puro de Teresópolis.

"Isso as TVs não mostram. Só passam as coisas boas. Já está assim há dois dias", disse um funcionário da Granja Comary que não quis se identificar.

O local fica ao lado dos banheiros, que também não estão no 'padrão Fifa', utilizados pelo profissionais de imprensa e perto do caminho de saída do Centro de Treinamento. Os jornalistas precisam prender a respiração com as mãos ou com a ajuda da blusa, para poder utilizar os sanitários.

Cheiro do lixo atrapalha os profissionais de imprensaVitor Machado


Você pode gostar