Por rafael.arantes

EUA - Diego Costa é uma das grandes armas da Espanha na Copa do Mundo. Para isso, o atacante correu contra o tempo para conseguir a naturalização espanhola a tempo do Mundial e, consequentemente, acabou se envolvendo numa grande polêmica com Luiz Felipe Scolari. O técnico da seleção brasileira garantiu que contava com o jogador para o grupo brasileiro na Copa e chegou a revelar que teria ligado para o atleta diversas vezes para falar sobre o fato. Diego, por sua vez, contraria a versão de Felipão.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Scolari nunca me telefonou. O único técnico com quem falei foi Del Bosque, que se preocupou comigo, me convidou para comer e me fez saber que contava comigo. Estou muito feliz porque aqui me receberam como irmão", disse Diego no FedEx Field.

Diego Costa contraria versão de Felipão%3A 'Nunca me ligou'Efe

Mesmo com toda a polêmica da naturalização, Diego não descarta o espírito brasileiro. Caso não consiga conquistar o título com a Espanha, o atacante garantiu que tem o Brasil como segunda opção na torcida.

"Sou e me sinto brasileiro e isso nunca vai mudar. Sou do estado do Sergipe, no coração do país. Na minha casa em Madri mantenho os costumes brasileiros e isso nunca vai mudar. Quero ganhar o Mundial com a Espanha, mas se não for possível meu segundo desejo é que ganhe o Brasil", afirmou o atacante, que viu o parceiro Iniesta clamar por uma decisão contra o Brasil.

"Brasil x Espanha, gostaria que a final fosse essa. A experiência da derrota na Copa das Confederações tem de ter servido para alguma coisa ", disse Iniesta.

Você pode gostar