'Foi emocionante', revela Messi sobre gol e estreia da Argentina no Maracanã

Capitão e craque da seleção elogia equipe da Bósnia, garante ansiedade antes do jogo e festeja os três pontos conquistados

Por O Dia

Rio - Um encontro histórico. Pela primeira vez Messi jogou no Maracanã. E logo na estreia da Argentina na Copa do Mundo, contra a Bósnia e Herzegovina. O camisa 10 da seleção revelou nervosismo antes do jogo começar, mas depois liderou os hermanos em campo e comemorou a vitória no Rio de Janeiro.

Messi faz golaço e comanda vitória da Argentina sobre a Bósnia no Maracanã

Em seu primeiro jogo no Maracanã, Messi comemora o gol marcado contra BósniaReuters

"É normal. Foi o primeiro jogo, com ansiedade... Era importante começar ganhando. A Bósnia é uma grande equipe, joga bem, fez um bom primeiro tempo. Mas o importante foi que começamos a Copa com os três pontos", comentou o capitão da Argentina, que sentiu dificuldades no primeiro tempo da partida

"Nós tivemos mais a posse de bola, tivemos mais ocasiões de gol, mas na primeira etapa ficamos um pouco para trás e isso tornou um pouco difícil o nosso jogo. Mas pudemos mudar isso", disse.

VEJA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

Messi foi o autor do segundo gol argentino, aos 19 minutos do segundo tempo, em típico lance seu, partindo da intermediária com a bola dominada, passando pelos marcadores e chutando na entrada da área, na meia-lua. O craque não escondeu a satisfação por fazer o primeiro gol da Argentina na Copa do Mundo.

"Estávamos desejando fazer este gol (o primeiro) para garantir o resultado e o segundo gol para definir o jogo. Depois do jogo tivemos que segurar (os avanços da Bósnia), mas foi bom", garantiu Messi, que revelou a emoção por jogar no Maracanã.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Realmente foi emocionante. Eu não esperava menos, sabia que seria isso no Maracanã. Agora temos que pensar nos jogos em Belo Horizonte e Porto Alegre", comentou o craque.

A Argentina volta a campo no próximo dia 21, contra o Irã, no Mineirão. Os hermanos fecham participação no Grupo F no dia 25, no confronto com a Nigéria, no Estádio Beira-Rio.

Últimas de _legado_Copa do Mundo