Messi faz golaço e comanda vitória da Argentina sobre a Bósnia no Maracanã

Equipe sul-americana não teve uma boa atuação, mas acabou vencendo o rival europeu na estreia na Copa do Mundo

Por O Dia

Rio - Os mais de 70 mil torcedores que compareceram ao Maracanã neste domingo presenciaram uma noite histórica no estádio. Lionel Messi, em sua estreia no Templo do Futebol, marcou um belo gol e conduziu os hermanos, que não fizeram uma grande partida, para a vitória sobre a Bósnia. Os sul-americanos venceram por 2 a 1 e estrearam com resultado positivo na Copa do Mundo do Brasil.

Na próxima rodada, a equipe argentina volta aos gramados para enfrentar o Irã, no sábado, às 13 horas, no Mineirão. Já a equipe dos Balcãs encara a Nigéria, no mesmo dia, às 19 horas, na Arena Pantanal.

Messi fez um golaço no MaracanãAndré Luiz Mello / Agência O Dia

O JOGO

A legião de argentinos que invadiu o Rio de Janeiro pôde comemorar rapidamente o primeiro gol da sua seleção na Copa. Com apenas dois minutos, a rede do Maracanã voltava a balançar em uma Copa do Mundo, 64 anos depois do gol de Ghiggia. A bola que cruzou a rede da Bósnia foi tocada por último por um jogador da própria equipe dos Balcãs, mas mesmo assim, a comemoração sul-americana foi imensa. O craque Lionel Messi levantou a bola para a área, Rojo desviou de cabeça e Kolasinac colocou contra o próprio patrimônio. 

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

Na frente do marcador, a Argentina recuou um pouco a sua equipe e os bósnios criaram boas oportunidades para empatar. Misimovic lançou Hajrovic, que ficou cara a cara com Romero, mas o goleiro argentino foi mais rápido e evitou o gol. Sentindo que a equipe europeia faria uma boa partida, os brasileiros presentes no estádio começaram a gritar "olé", a cada toque de bola da equipe do Leste Europeu.

LEIA MAIS: A tabela e a classificação da Copa do Mundo

Bastante contestado na Argentina, o goleiro Romero teve uma boa atuação na primeira etapa. Aos 40 minutos, o arqueiro fez uma bela defesa. Após cruzamento em cobrança de escanteio na área argentina, Lulic cabeceou bem, mas o argentino estava lá para salvar os bicampeões mundiais. Ainda antes do intervalo, Besic arriscou de fora da área, mas a bola subiu pelo gol dos hermanos.

GALERIA: Com golaço de Messi, Argentina passa sufoco mas vence a Bósnia

Mesmo com a vitória parcial, o treinador Alejandro Sabella não gostou da atuação da Argentina na primeira etapa e fez duas substituições no intervalo. Higuaín e Gago entraram nos lugares de Campagnaro e Maxi Rodríguez. Mesmo assim, a equipe sul-americana iniciou o segundo tempo da mesma maneira que terminou os primeiros 45 minutos. A Bósnia seguia tendo as melhores chances, mas continuava pecando na hora de concluir para a rede.

Argentinos fizeram bela festa no MaracanãMárcio Mercante / Agência O Dia

Estreando no Maracanã, Messi começou a chamar mais a responsabilidade para si na segunda etapa. Aos 15 minutos, o craque, eleito quatro vezes o melhor do mundo, avançou pelo meio e tocou para Agüero, que cruzou, mas a defesa bósnia salvou. Só que logo depois ele entraria para a história do Maracanã nas Copas do Mundo. Com uma jogada ao seu estilo, Messi carregou, passou por um adversário, tabelou com Agüero, passou por mais um zagueiro e finalizou, a bola ainda bateu caprichosamente na trave antes de morrer no gol de Begovic.

VEJA MAIS: Mesmo com policiamento, cambistas circulam no Maracanã

Com uma vantagem maior no placar, os argentinos se soltaram mais. Em um contra-ataque puxado por Messi, Kum Agüero recebeu e finalizou, mas a bola passou muito perto da meta da equipe bósnia. Depois, o camisa 10 deixou Higuaín em boas condições, só que o atacante do Napoli cabeceou a bola muito alta, passando por cima da meta de Begovic.

VEJA MAIS: Argentinos e brasileiros deixam o clima tenso no estádio

No entanto, a equipe da Bósnia ainda era perigosa e no fim conseguiu o seu gol. Aos 39 minutos, Ibisevic recebeu belo passe e tocou na saída de Romero, diminuindo o prejuízo dos europeus e sendo o primeiro atleta do país a fazer gol em Copa do Mundo. Os últimos minutos foram tensos para os argentinos, que sofreram com uma pressão pressão final dos adversários. Com muita luta, a vitória foi assegurada e garantida pelos sul-americanos.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 2 X 1 BÓSNIA

Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitragem: Joel Aguilar (ELS)
Cartões Amarelos: Spahic (BOS), Rojo (ARG)
Cartões vermelhos: -
Público: 74.738 presentes
Gols: Kolasinac (Contra) (2' do 1ºT), Messi (19' do 2ºT) - (ARG); Ibisevic (39' do 2ºT)

ARGENTINA: Romero, Zabaleta, Garay, Campagnaro (Gago - Intervalo)), F. Fernández e Rojo; Mascherano, Maxi Rodríguez (Higuaín - Intervalo) e Di María; Messi e Agüero / Técnico: Alejandro Sabella

BÓSNIA: Begovic, Mujdza (Ibisevic - 23' do 2ºT), Bicakcic, Spahic e Kolasinac; Besic, Hajrovic (25' do 2ºT) Visca, Pjanic, Misimovic (28' do 2ºT) e Lulic, Dzeko / Técnico: Safet Susic

Últimas de _legado_Copa do Mundo