Vai, loirinho, vai! Neymar pinta o cabelo para jogo contra o México

Craque e Daniel Alves mudam visual e fazem a cabeça do time para lutar pela liderança do Grupo A contra os mexicanos

Por O Dia

Rio - A evolução de Neymar pode ser medida pelas madeixas. Do curtinho básico, na estreia como profissional, em 2009, ao moicano incrementado, mais loiro e arrepiado na testa, apresentado ontem, na Granja Comary: quanta diferença! A transformação capilar acompanhou o amadurecimento de um jovem veterano, de 22 anos. Visual novo, que faz a cabeça da Seleção para o confronto contra o México, na terça-feira, no Castelão, em Fortaleza.

Neymar modificou visual antes do jogo de terçaUanderson Fernandes / Agência O Dia

Ousado? Esquisito? Diferente? É só questão de opinião. Acostumado a inovar, o lateral Daniel Alves também entrou na onda do amigo e apareceu com tons de grisalho. Tem quem admire, mas não copie de jeito nenhum.

“Eu gostei, está bem bacana. Não sei o motivo que os levou a fazer isso no cabelo, acho que foi vontade própria. Achei bem legal”, elogiou o atacante Hulk, adepto do penteado bem curto tradicional, batido dos lados.

LEIA MAIS: A tabela e a classificação da Copa do Mundo

O visual sóbrio apresentado por Neymar e Daniel Alves no início do Mundial não condizia com a personalidade dos dois. Amigos de longa data, mesmo antes de o camisa 11 chegar ao Barcelona, eles sempre primaram pela criatividade. Agora dão toque de modernidade à Seleção.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da seleção brasileira na Copa do Mundo

Novos tons após uma estreia tensa contra a Croácia, e a dois dias do duelo com o México. Uma vitória coloca a Seleção bem perto da vaga nas oitavas, com seis pontos no Grupo A, e espanta o fantasma do revés para o mesmo rival na final dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.
“Sempre foi nosso objetivo passar em primeiro no grupo. Foi triste perder para o México, frustrante. Mas a Olimpíada ficou para trás”, resumiu Hulk, otimista.

Carinho da torcida antes do embarque

No que depender do ânimo da torcida, o Brasil caminha a passos largos para a sua segunda vitória na Copa. Ontem, aproximadamente mil pessoas lotaram a entrada da Granja Comary para ver a rápida passagem da delegação, rumo a Fortaleza, e transmitir carinho à equipe.

A Seleção deixou o centro de treinamento às 14h10 e chegou à base aérea do Galeão às 15h27, direto na pista. Por causa do horário apertado, os jogadores não cumpriram a rotina de atender a galera após o treino. O bloqueio militar no local afastou os curiosos.

Últimas de _legado_Copa do Mundo