Kovac quer Croácia ditando o ritmo para vencer Camarões no calor de Manaus

Treinador assistiu a partida entre Inglaterra e Itália para analisar as atuações das equipes no clima quente e úmido da cidade

Por O Dia

Kovac falou sobre a dificuldade de atuar em ManausReuters

Bahia - Depois da polêmica com os jogadores sendo flagrados nus em um hotel na Bahia, a Croácia volta sua atenção para o duelo o diante de Camarões, em Manaus. A capital amazonense causa apreensão em todas Seleções por conta do forte calor. No sábado, Itália e Inglaterra se enfrentaram no local e Niko Kovac assistiu a partida para analisar como as equipes atuariam no clima quente e úmido. Através da observação, o treinador definiu a estratégia que irá utilizar contra os africanos.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Como todos puderam ver, depois dos 70 minutos de jogo foi difícil para ambos os times. Era visível que os jogadores tinham as pernas pesadas e estavam no limite físico. Sabemos que vai ser difícil para Camarões também, mas por isso vamos tentar manter o controle da posse de bola e ditar o ritmo", afirmou.

Depois do jogo válido pelo Grupo B, tanto ingleses quantos italianos saíram de campo reclamando do forte calor em Manaus. Astro da Juventus, Pirlo classificou o clima como "infernal para jogar futebol". A Croácia terá que superar as adversidades, e vencer Camarões caso ainda queira se classificar para segunda fase da Copa do Mundo, já que estreiou no Mundial com derrota para o Brasil por 3 a 1.

Últimas de _legado_Copa do Mundo