Müller faz três e Alemanha goleia Portugal na Arena Fonte Nova

Meia-atacante teve atuação de gala e foi fundamental para o triunfo alemão por 4 a 0

Por O Dia

Bahia - Quem foi até a Arena Fonte Nova esperando ver um show de Cristiano Ronaldo, acabou assistindo a uma atuação de gala de Thomas Müller. Sem a mesma qualidade técnica do astro português, mas extremamente eficiente, o alemão foi mortal. No primeiro tempo, balançou as redes duas vezes e cavou a expulsão do zagueiro Pepe. Na etapa final, marcou o terceiro dele na goleada da Alemanha sobre Portugal por 4 a 0, nesta segunda-feira, pelo Grupo G. Os três gols deixaram o meia-atacante como artilheiro da Copa do Mundo até o momento.

O próximo confronto da seleção alemã é diante de Gana, dia 21 de junho, na Arena Castelão, em Fortaleza. Já Portugal encara os Estados Unidos, no dia 22 de junho, na Arena Amazônia.

FOTOGALERIA: Confira as imagens da goleada da Alemanha

Jogadores alemães comemoram o gol da equipeEfe

O JOGO

O começo do duelo foi um festival de lambanças das defesas. Primeiro, Miguel Veloso foi esperto, roubou a bola da zaga alemã e lançou Cristiano Ronaldo. O português invadiu a área, mas bateu em cima de Neuer. No lance seguinte, Rui Patrício saiu jogando erradamente, mas Khedira chutou para fora, mesmo com o gol vazio. Os alemães, no entanto, não tiveram tempo para lamentar. Aos 10, Götze sofreu pênalti. Müller converteu e abriu o placar: 1 a 0.

Apesar do calor característico da Bahia, as duas equipes se entregavam em campo e deixavam a partida disputada. Contudo, até metade do primeiro tempo, as chances de gols eram escassas. Portugal só conseguiu chegar com perigo novamente aos 24. Nani avançou pela ponta direita, puxou para o meio, arriscou o arremate, mas mandou por cima. Três minutos depois, Hugo Almeida sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Éder.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

Além de ficar sem o meia, Portugal viu a Alemanha ampliar o marcador. Em cobrança de escanteio, Hummels subiu mais que todo mundo e testou firmemente: 2 a 0. A situação dos gajos ficou pior quando Pepe foi expulso. O zagueiro perdeu a paciência depois de uma dividida com Müller, tentou dar uma cabeçada no alemão e recebeu cartão vermelho.

A Alemanha, que já era melhor na partida, com um jogador a mais passou a dominar completamente o duelo. E o terceiro gol não demorou a sair. Aos 45, Müller recebeu na área, dividiu com a defesa e mandou para o fundo da rede.

Na volta para segunda etapa, a seleção alemã continuou pressionando. Özil apareceu na cara de Rui Patrício, mas bateu em cima do arqueiro. Depois de chance, no entanto, os comandados de Joachim Löw passaram a se poupar e tocar a bola sem tanta objetividade. Portugal ainda perdeu mais um jogador lesionado. Coentrão saiu e deu lugar a André Almeida.

Apesar de não se lançar tanto ao ataque como nos primeiros 45 minutos, a Alemanha era perigosa. Aos 25, Götze recebeu na entrada da área, mas a zaga chegou para salvar em cima da hora. Cozinhando a partida, os alemães chegaram ao quarto gol. Müller, sempre ele, aproveitou o rebote do goleiro e correu para o abraço para decretar os números finais da partida. No fim, Cristiano Ronaldo apareceu pela primeira vez. Em boa cobrança de falta, obrigou Neuer a fazer uma boa defesa, mas não teve jeito, terminou a partida em branco. 

ALEMANHA 4 X 0 PORTUGAL

Estádio: Arena Fonte Nova

Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia)

Gols: Müller (11' do 1ºT), Hummels (31' 1ºT), Müller (45' 1ºT), Müller (32' 2ºT)

Cartões Amarelos: João Pereira (Portugal)

Cartões Vermelhos: Pepe (Portugal)

Alemanha: Neuer, Boateng, Hummels, Mertesacker, Höwedes, Lahm, Khedira, Özil, Kroos, Götze e Müller.

Portugal: Rui Patrício, João Pereira, Bruno Alves, Pepe e Fábio Coentrão; Miguel Veloso, João Moutinho e Raúl Meireles; Nani, Hugo Almeida (Éder) e Cristiano Ronaldo.

Últimas de _legado_Copa do Mundo