Jornal croata alfineta: 'Primeiro, um juiz japonês, e agora jogo na selva'

Texto faz críticas a escolha de Manaus como cidade-sede da Copa do Mundo

Por O Dia

Rio - A imprensa croata parace não estar muito satisfeita com a organização da Copa do Mundo. Nesta terça-feira, o jornal "Jutarnji List" fez uma definição sobre o começo do Mundial para a Croácia: "Primeiro, o árbitro japonês, e agora jogo na selva". A reclamação é sobre o pênalti mal marcado em cima de Fred, no jogo contra o Brasil, e também em relação a partida diante de Camarões, na Arena Amazônia, em Manaus, na quarta-feira.

Croatas estão irritados nesse começo de Copa do MundoReprodução Internet

Assim como ingleses fizeram, o texto critica a capital amazonense, afirmando que a escolha como cidade-sede foi por questões políticas, e que os camaroneses serão beneficiados com o clima quente do local.

"Brasileiros em Manaus dizem que lá é bom só para a pesca. Manaus foi escolhida como uma das sedes da Copa do Mundo por razões políticas, o governo queria mostrar que você não ignora até mesmo o ângulo selvagem Brasil. A Croácia, primeiro punida por um juiz japonês, e agora vai jogar na selva", diz o texto croata.

Últimas de _legado_Copa do Mundo