Reservas entram e viram o jogo para a Bélgica em cima da Argélia no Grupo H

Mertens e Fellaini estavam no banco e marcaram os gols

Por O Dia

Minas Gerais - Na abertura do último Grupo da Copa do Mundo, a chave H, Argélia e Bélgica se enfrentaram no Mineirão, nesta terça-feira. Os africanos saíram na frente, mas deixaram os belgas venceram por 2 a 1. Esta foi a sexta virada do Mundial.

Antes da partida, mais uma vez, longas filas de torcedores com ingressos aguardavam para entrar no Mineirão. O time belga entrou em campo pressionado por um bom resultado para confirmar as expectativas positivas sobre a nova geração de jogadores do país. A Argélia depositava a sua esperança no seu principal jogador, o meio-campo Feghouli, que atua no futebol espanhol e Taider, volante da Inter de Milão.

LEIA MAIS: Confira notícias e bastidores da Copa do Mundo

No próximo dia 22, os belgas enfrentam a seleção da Rússia, no Maracanã. No mesmo dia, a Argélia pega a Coreia do Sul, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Fellaini comemora o gol de empate da BélgicaReuters

O JOGO

Desde o início da partida, os torcedores brasileiros, presentes no Mineirão, somaram seus gritos de apoio ao argelinos, que estavam em maioria no estádio, em relação aos belgas. No gramado, a partida começou com as equipes se estudando, com a bola rodando o meio de campo.

Com mais posse de bola, a Bélgica tentava penetrar na zaga da Argélia pelo meio, mas a defesa argelina se fechava bem e tentava armar um contra-ataque. Organizados na retranca, a seleção africana não dava espaço para Hazard e Lukaku criem oportunidades de gols.

Aos 20 minutos, o primeiro lance de perigo. Witsel arriscou de fora da área, mas o goleiro M'Bohli conseguiu espalmar a bola. Três minutos depois a Argélia abriu o placar.

Em um contra-ataque em velocidade, Feghouli iria receber o cruzamento dentro da área sozinho para finalizar, mas, antes, o meia foi puxado pelo zagueiro Vertonghen, o juiz marcou pênalti para a Argélia. Na batida, Feghouli bateu de um lado e Courtois pulou para o outro, gol da Argélia abrindo o placar no Mineirão.

Depois do gol, o pelotão de zaga da Argélia continuava repelindo o ataque dos belgas. Witsel teve que arriscar mais uma vez de fora da área para assustar o goleiro argelino. Mas M'Bolhi fez uma boa defesa novamente.

FOTOGALERIA: Confira as imagens de Bélgica e Argélia no Mineirão

Sonolentos, os belgas pouco criavam, mesmo tendo mais posse de bola do que os argelinos. Apagado durante todo o primeiro tempo, Hazard driblou dois e achou Chadli dentro da área aos 43 minutos. Mas na hora de finalizar, o meia bateu fraco, nas mãos do goleiro.

Na volta do segundo tempo, a Bélgica continuava pressionando, mas sem levar grande perigo. A Argélia chegava nas bolas paradas, mas também sem assustar o goleiro Courtois. Na retranca, os argelinos queriam garantir o placar. Apesar da qualidade superior, a nova geração de jogadores da Bélgica deixava a desejar.

Na metade do segundo tempo, mesmo pouco criativa na partida, a Bélgica conseguiu o empate e a virada. No primeiro gol, De Bruyne levantou a bola na área e Fellaini, que entrou no segundo tempo, desviou para a rede. No segundo gol, Mertens invadiu a área e fuzilou o goleiro argelino para colocar a Bélgica na frente do placar.

FICHA TÉCNICA

Bélgica 2 x 1 Argélia

Estádio: Mineirão (Belo Horizonte)
Árbitro: Marco Rodriguez (México)
Público: 58.800
Gols: Feghouli (23' do 1ºT), Fellaini (24' do 2ºT) e Mertens (34' do 2ºT)
Cartão Amarelo: Vertonghen (22' do 1ºT), Bentaleb (33' do 1ºT)
Cartão Vermelho: Nenhum

Bélgica: Courtois, Alderweireld, Kompany, Van Buyten e Vertonghen; Witsel, Dembélé (Fellaini, aos 19' do 2ºT), De Bruyne, Hazard e Chadli (Mertens, intervalo); Lukaku (Origi, aos 12' do 2ºT). Treinador Marc Wilmots.

Argélia: M'Bolhi, Mostefa, Bougherra, Halliche e Ghoulam; Feghouli, Medjani, Taider e Bentaleb, Soudani (Slimani, 21' do 2ºT) e Mahrez (Lacen, aos 26' do 2ºT). Treinador Vahid Halilhodzic.

Últimas de _legado_Copa do Mundo