Del Bosque deixa futuro incerto em coletiva: ' Se eu for um estorvo, sairei'

Treinador foi contestado no comando da Espanha

Por O Dia

Curitiba - Vicente Del Bosque tem muitas questões para responder. O treinador da Espanha atendeu os profissionais de imprensa nesta sexta-feira, no CT do Caju, em Curitiba. Mesmo sendo garantido como treinador da Fúria, pelo menos até 2016, o técnico deixou claro que não definiu o seu futuro ainda.

Del Bosque pode deixa o comando da Espanha depois da CopaReuters

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Estamos em uma competição ainda. Não creio que seja o momento para falar do meu futuro. Tentarei ser absolutamente correto com a federação, me sinto um defensor da federação, do futebol, e quero que as coisas funcionem bem. Se eu for um estorvo, sairei. Em setembro temos a classificação para a Eurocopa. Tomarei a decisão que for a mais correta", disse o treinador.

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), manisfestou o seu apoio ao treinador espanhol, mesmo com a chuva de críticas vinda de torcedores e da imprensa. Com duas derrotas na Copa do Mundo, para Holanda e Chile, os espanhóis estão eliminados da competição.

"Gostaríamos que Del Bosque continuasse e ele tem contrato até a Eurocopa da França. Vamos tentar convencê-lo a ficar. Se não quiser seguir, o contrato é quebrado e não acontece nada. Acreditamos na federação que é um luxo tê-lo conosco e achamos que deve ser o homem da continuidade. É o homem ideal para fazer essa transição. Quem melhor que ele?", disse Jorge Pérez, secretário-geral da Real Federação Espanhola de Futebol.

Últimas de _legado_Copa do Mundo