Thiago Motta entende que 'calor foi a única diferença' entre Itália e Costa Rica

Titulare nesta sexta-feira em Recife, volante da Itália afirma que costarriquenhos estão mais acostumados à condição climática

Por O Dia

Pernambuco - Após vencer a Inglaterra na estreia, a Itáliapoderia terminar esta sexta-feira com a vaga nas oitavas de final da Copa do Mundoencaminhada. Ao invés disso, perdeu da Costa Rica em Recife por 1 a 0 e decidirá a classificação em um confronto direto com o Uruguai na última rodada. Para o volante Thiago Motta, a derrota italiana neste segundo compromisso no Brasil só aconteceu por causa do calor.

Costa Rica vence a Itália, sobrevive ao Grupo da Morte e alcança classificação

Thiago Motta tenta desarmar o destaque da Costa Rica%2C Joel CampbellReuters

VEJA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

"Contra a Inglaterra, nós jogamos em Manaus, mas era uma partida à noite contra uma outra seleção europeia. Hoje, vimos que o calor foi a única diferença, já que a Costa Rica está acostumada a isso. Não é uma desculpa, é a verdade. Todos viram isso dentro de campo", completou o volante, que iniciou a partida entre os titulares.

Apesar do mau resultado, a Itália depende apenas de um empate diante dos uruguaios na última rodada do Grupo D para se garantir nas oitavas de final. A exemplo do que aconteceu nesta sexta, o jogo acontecerá novamente às 13h. O local do duelo será a Arena das Dunas, em Natal, onde o calor também costuma ser intenso.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Esperamos nos recuperar bem e jogar melhor contra o Uruguai, tomara que eles não sejam como a Costa Rica. Podemos falar sobre muitas coisas, mas o fato é que algums jogadores estão mais acostumados ao calor do que outros", finalizou Thiago Motta.

Últimas de _legado_Copa do Mundo