'Brasil não deve querer enfrentar a Holanda', afirma técnico da Holanda

Na véspera da partida com o Chile em São Paulo, Van Gaal fez elogios ao rival e falou que, independentemente do futuro adversário, jogará para terminar grupo B em primeiro

Por O Dia

São Paulo - O Brasil não deve querer enfrentar a Holanda nas oitavas de final da Copa do Mundo. A frase, um tanto quanto presunçosa, foi dita por Louis Van Gaal, treinador holandês. Com sua seleção já classificada para a próxima fase e decidindo o primeiro lugar do Grupo B contra o Chile na segunda-feira na Arena Corinthians, o técnico disse que não irá escolher adversários.

"Claro que o Brasil não deve querer mesmo enfrentar a Holanda. Marcamos muitos gols, e gols fantásticos", afirmou Van Gaal. Ao lado da França, os holandeses têm o melhor ataque da Copa, com oito gols feitos.

O técnico holandês Louis Van Gaal deu uma leve provocada na seleção brasileira na entrevista coletiva deste domingo%2C no ItaquerãoEfe

Sobre o possível rival nas oitavas de final, o treinador evitou traçar prognósticos. E deixou claro que pensa apenas em terminar a fase de grupos na liderança.

"Nós vamos nos concentrar na vitória contra o Chile. Não acredito que isso será afetado pelo fato de o Brasil jogar depois. Acredito que o Brasil vai cumprir seu dever esportivo. Quero ser sempre o primeiro do grupo, porque o resto do caminho seria mais favorável", explicou o técnico.

Com relação aos chilenos, rivais desta segunda-feira. Van Gaal fez elogios. Para ele, a equipe de Jorge Sampaoli será a mais complicada desta fase de grupos. Mais até do que a atual campeã mundial Espanha.

"Eu espero que o Chile seja o oponente mais difícil. Já vi eles enfrentando a Alemanha na etapa preparatória e é uma equipe que vale a pena se assistir. Tem um técnico maravilhoso que permite a seus jogadores atuar de forma apaixonada e ofensivos. São muito dedicados e há mais de seis meses que mantém esse padrão. Espero um oponente muito duro, acho que vai ser 50-50", disse o holandês.

Quem terminar o grupo B na primeira colocação irá enfrentar nas oitavas de final o segundo do grupo A. Brasil, Croácia e México ainda estão na briga.

Reportagem:Pedro Taveira

Últimas de _legado_Copa do Mundo