Por bernardo.argento

Rio - O confronto entre Alemanha e Estados Unidos define a liderança do Grupo G da Copa do Mundo. Ciente da importância do duelo, o técnico Joachim Löw escondeu a equipe que entrará em campo. A mudança especulada é a entrada de Schweinsteiger no lugar de Khedira. O volante saiu do gramado diante de Gana sentindo dores no joelho esquerdo, mas vem participando normalmente nos treinos da semana.

"A escalação está pronta. Todos os jogadores podem jogar. Khedira e Boateng saíram contra Gana, mas em dois dias já estavam bem e prontos para voltar. Por isso estão todos disponíveis. Já tomei minha decisão de como vamos começar, mas não quero me pronunciar sobre isso hoje", afirmou o treinador.

Joachim Löw faz mistério sobre escalação do time Reuters

Se não ocorrer nenhuma mudança, a Alemanha permanecerá com a linha de quatro zagueiros, com Lahm atuando no meio de campo, assim como faz no Bayern de Munique. Os alemães devem ir a campo com: Neuer, Boateng, Mertesacker, Hummels e Höwedes; Lahm, Khedira e Kroos; Özil, Müller e Götze.

A vitória ou empate contra os americanos garante a liderança da Alemanha. Se perder, os comandados de Joachim Lõw precisam torcer para que Gana não tire a diferença de cinco gols de saldo. Ou seja, só um desastre impede que os alemãs não passem para as oitavas de final.

Você pode gostar