Por ulisses.valentim

São Paulo - O técnico Alberto Zaccheroni pediu demissão do comando da seleção do Japão nesta quarta-feira, depois de assumir total responsabilidade pela eliminação dos atuais campeões asiáticos na primeira fase da Copa do Mundo no Brasil.

A fraca campanha japonesa no Mundial terminou com a derrota por 4 a 1 para a Colômbia na terça-feira, e a equipe terminou na última posição do grupo C, com somente um ponto depois da derrota na estreia para a Costa do Marfim e o empate em 0 a 0 com a Grécia.

De saída%3A Zaccheroni decide deixar o comando da seleção japonesaReuters

"Sou eu quem decide sobre as táticas e sobre como jogamos e quero assumir total responsabilidade", disse o treinador italiano segundo a agência de notícias Kyodo.

"Todos se reuniram no almoço hoje e eu agradeci a todas as pessoas que apoiaram o time. Eu chamaria exatamente os mesmos jogadores e a mesma comissão técnica se tivesse a chance."

Em janeiro, o Japão vai tentar defender seu título asiático na Austrália.

Você pode gostar