Por fabio.klotz

Minas Gerais - Um susto marcou momentos antes do jogo entre Brasil e Chile, neste sábado, no Mineirão. O Twitter da Polícia Federal foi hackeado e apareceu com a mensagem de que havia uma ameaça de bomba e que o estádio poderia ser evacuado. Tudo, porém, foi uma ação do invasor.

A Polícia Federal já apagou a mensagem do Twitter e está apurando para descobrir quem foi o autor da ação. Mais tarde, a PF vai divulgar uma nota oficial para dar mais detalhes sobre o caso.

Neste sábado, curiosamente no período em que a mensagem foi divulgada no Twitter, a PF foi verificar uma mala abandonada no Aeroporto de Confins e chegou a isolar parte do local. Foi apenas um susto também.  

Confira a nota da Polícia Federal

A Polícia Federal esclarece que a informação de uma suspeita de bomba no Estádio do Mineirão, na tarde deste sábado (28), durante o jogo Brasil x Chile, é falsa.

O Twitter foi invadido, a conta da PF foi hackeada e a informação postada na rede social não procede. A PF já tomou as providências buscando restabelecer o funcionamento normal do canal de comunicação.

Você pode gostar