Por pedro.logato

Minas Gerais - Decisivo nos primeiros jogos, Neymar não teve uma grande atuação diante do Chile. Porém, o jogador não escapou da responsabilidade na partida válida pelas oitavas de finais. O jogador teve de fazer a cobrança que fechava a série do Brasil na decisão por pênaltis e revelou que pediu ajuda de Deus. Humilde, o craque reconheceu que o Brasil não teve uma grande atuação e fez elogios ao grande nome da classificação: Julio Cesar.

Neymar fez muitos elogios a Julio CesarAndré Mourão

"Muita gente acaba criticando alguns jogadores por causa da idade, ou por causa da equipe em que eles estão. O nosso goleiro, que estava jogando em um time pequeno, deu a volta por cima. Foi um gigante no gol", afirmou.

VEJA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

Bastante marcado, Neymar não conseguiu repetir diante dos chilenos as boas atuações recorrentes neste Mundial. Para o atacante, a partida foi muito dura para o Brasil e muitas jogadas da Seleção não saíram como o imaginado.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Muita coisa acabou não funcionando. O que a gente leva do jogo de hoje é de acreditar sempre, de correr atrás da bola. Graças a Deus deu tudo certo", disse.

Com apenas 22 anos, Neymar vive em constante responsabilidade na Copa do Mundo. Neste sábado, o jogador passou por mais um grande momento. Além de ser a principal esperança do Brasil, que joga em casa, nesta partida diante do Chile, o craque teve de mostrar muita frieza nas penalidades. Com o placar em 2 a 2, o atacante teve a responsabilidade de fechar a série do Brasil. Depois de converter para os donos da casa, Jara perdeu a cobrança chilena, confirmando a vaga verde e amarela.

"É difícil, essa caminhada é a mais difícil. Vou falar com os companheiros para ficarem mais perto. Aí são três passos só para pegar a bola. Só pedia sabedoria para Deus, para conseguir bater o pênalti", afirmou.

Agora, os brasileiros enfrentam a Colômbia às 17h da próxima sexta-feira no Castelão. O duelo vale uma vaga na semifinal.

Você pode gostar