'Estamos jogando um futebol excelente', avalia o goleiro americano Tim Howard

Arqueiro dos EUA diz que seleção está 'jogando de igual para igual' com potências na Copa do Mundo, explica seu espírito de liderança e exalta mescla de jogadores experientes e jovens

Por O Dia

Rio - Os Estados Unidos conquistaram uma vaga nas oitavas de final, ao assegurarem a segunda colocação do Grupo G. Em primeiro ficou a Alemanha, enquanto Portugal e Gana deram adeus à Copa do Mundo. Para o goleiro americano Tim Howard, titular da equipe treinada pelo alemão Jürgen Klinsmann, sua seleção mostrou que pode vencer de potências do futebol.

Klinsmann pede que torcida dos EUA mude voo de volta para depois do fim da Copa

Howard sonha em ver os Estados Unidos fazendo história na Copa do MundoReuters

"Sobrevivemos ao chamado grupo da morte. Muita gente não acreditou que seríamos capazes de fazer isso antes de o torneio começar. Sempre é bom calar as pessoas que olham tudo pelo lado negativo", disse ao site da Fifa, para em seguida expôr a maneira com que os americanos trabalharam para 'vencer' as críticas.

Altidore volta a treinar e pode ser novidade dos EUA contra Bélgica

"A única maneira de provar que os críticos estão errados é ir até lá e fazer o que eles dizem que você não consegue fazer. Fizemos isso, e o fizemos com coragem e coração", comentou Howard.

O arqueiro de 35 anos e com uma disputa de Mundial no currículo sabe como lidar com os jogadores que ficam à sua frente. Howard revelou que, durante as partidas, pede bastante atenção dos zagueiros, para que o time mantenha o foco e não se distraia.

"Sempre grito bastante. Não quero deixar nenhuma dúvida quanto ao que quero dos meus zagueiros", disse.

Um dos mais experientes da seleção, que conta com jogadores jovens, Howard acredita que esta mescla de idade e vivência dentro do esporte é importante para a equipe.

>>> LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Somos uma equipe mais jovem e sempre digo que juventude traz ambição, que é algo de que se necessita em uma Copa do Mundo e em qualquer torneio importante. Estamos jogando um futebol excelente. Conseguimos fazer com que algumas equipes nos abrissem espaço. Ainda não somos capazes de vencer qualquer um, mas estamos jogando de igual para igual com grandes seleções", finalizou o goleiro do Everton, da Inglaterra.

Os Estados Unidos enfrentam a Bélgica pelas oitavas de final do Mundial nesta terça-feira, às 17h, na Fonte Nova, em Salvador. Quem ganhar, enfrenta o vencedor de Alemanha e Nigéria nas quartas de final.

Últimas de _legado_Copa do Mundo