Clássico europeu com a França no Maracanã anima alemães

Confronto acontece na próxima sexta-feira no Rio de Janeiro

Por O Dia

Bahia - Ansiedade. Essa é a palavra que define o momento da seleção alemã.Com o sonho de jogar na Cidade Maravilhosa prestes a se realizar, o goleiro Manuel Neuer espera fazer história, na sexta, no lendário Maracanã. Para isso, o elenco tem usado o tempo livre para estudar a França e evitar um pesadelo.

Alemanha busca o tetracampeonato mundialEfe

Criticados pela imprensa após a dramática classificação contra a Argélia, os jogadores, incluindo Neuer, esperam reencontrar, no desejado palco da final, a inspiração para a tão esperada classificação.

“Os franceses têm classe. Sabemos que são perigosos e que podem jogar um futebol muito técnico. Mesmo sem Ribéry, os jogadores que saem do banco estão fazendo a diferença. Talvez não seja o futebol perfeito, mas é um adversário que devemos temer”, disse o goleiro, do Bayern de Munique, que não vê a hora de chegar ao Rio: “Queremos muito ver Copacabana, nem que seja da janela do avião”.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

O atacante André Schürrle também não esconde a ansiedade por disputar o clássico no templo do futebol. “É um privilégio jogar neste estádio sagrado. Somos forte para vencer”.

Com os portões fechados, a Alemanha voltou a treinar nesta quarta, em Cabrália (BA). Com febre, o atacante Müller não participou da atividade. Já o zagueiro Hummels e o meia Podolski treinaram e devem enfrentar a França

Últimas de _legado_Copa do Mundo