Mais Lidas

Mourinho apoia Fifa na absolvição de Zuñiga: 'Não faz sentido sancioná-lo'

Treinador do Chelsea acredita que lateral-direito da Colômbia não teve a intenção de lesionar Neymar. Craque da seleção brasileira recebeu joelhada que o tirou da Copa do Mundo

Por rodrigo.hang

Rio - O técnico do Chelsea, José Mourinho, além de formar grandes equipes, é famoso também pelos comentários polêmicos. Durante a Copa do Mundo, o treinador segue dando suas declarações que geram discussão. Nesta terça-feira, o português afirmou que compreende a decisão da Fifa em não punir o colombiano Juan Zuñiga, responsável pela lesão na coluna de Neymar, que tirou o craque do Mundial. A contusão do camisa 10 da Seleção aconteceu na última sexta, no jogo entre Brasil e Colômbia, pelas quartas de final do torneio, após uma forte joelhada dada pelo lateral-direito adversário.

Fifa não pune Zúñiga por joelhada e mantém cartão do zagueiro Thiago Silva

Mourinho compreende posição da Fifa em não punir o jogador colombianoReuters

Mourinho vê capitão Thiago Silva 'tão importante quanto' Neymar para o Brasil

"Se você não for agressivo dentro de campo com jogadores como Neymar, eles ficam muito confortáveis e podem ganhar jogos sozinhos. É óbvio que o Zuñiga provocou o contato, teve a intenção de derrubar Neymar e até assustá-lo. Mas não quis lesioná-lo, como aconteceu. Por isso, tenho de concordar que não faz sentido sancioná-lo neste tipo de lance", declarou Mourinho ao Yahoo.

Mourinho diz que Brasil será campeão sem jogar 'futebol de qualidade'

A Fifa anunciou na tarde desta segunda-feira que não iria punir o jogador da Colômbia, por não ter base para penalizá-lo. No lance que tirou Neymar do campo e da Copa do Mundo, o atleta sequer recebeu cartão amarelo do árbitro espanhol Carlos Velasco.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia