Por rafael.arantes

Rio - A Fifa deu um ultimato à Associação Nigeriana de Futebol (NFF) nesta quarta-feira, com a decisão de suspender a entidade e os clubes a ela filiados de qualquer disputa esportiva internacional. A decisão, que tem efeito imediato, veio por conta da interferência do governo após a eliminação do país africano da Copa do Mundo.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

Depois de o time da Nigéria perder para a França nas oitavas-de-final do Mundial, a NFF foi acionada na Justiça e notificada de uma ordem da Alta Corte da República da Nigéria impedindo que seus dirigentes seguissem à frente da administração dos assuntos relacionados ao futebol nigeriano.

Associação Nigeriana é punida pelo Comitê de Emergência da FifaErnesto Carriço

Segundo os artigos 13 e 17 do Estatuto da Fifa, as federações afiliadas à entidade são obrigadas a "administrarem seus negócios de forma independente e sem influência de terceiros".

Atualmente, ainda segundo a Fifa, a NFF está sendo administrada por um funcionário público nomeado pelo ministro do Esporte da Nigéria, com previsão de seguir no cargo até a realização de uma audiência com data ainda não definida.

A suspensão imposta pela Fifa impede que qualquer equipe nigeriana, inclusive os clubes do país, tomem parte em qualquer evento esportivo internacional, inclusive amistosos. A primeira equipe prejudicada pode ser a seleção feminina sub-20, que participaria da Copa do Mundo da categoria entre os dias 5 e 24 de agosto no Canadá.

Somente com a retirada das ações judiciais e o restabelecimento do Comitê Executivo da NFF podendo trabalhar sem interferência, a Fifa interromperá a suspensão.

Você pode gostar