Por pedro.logato

Rio - Numa campanha marcada pelo choro dos brasileiros na Copa do Mundo, muitos decidiram rir. A tentativa de Carlos Alberto Parreira de comover uma nação — quase sem lágrimas após a dolorosa queda para a Alemanha — não funcionou. Ao interromper a entrevista coletiva de Felipão e ler a carta da torcedora Lúcia, o coordenador técnico da Seleção não imaginava que, minutos depois, um perfil falso da então anônima brasileira faria tanto sucesso nas redes sociais. Com postagens recheadas de ironia, a conta de ‘Dona Lúcia’ no Twitter não parou de ganhar seguidores ao longo do dia de ontem.

“Obrigado por ler minha carta, Parreira. Felipão, continua no cargo, por favor. Eu entendo de futebol sim, acompanho desde 1950. Estive no Maracanazo”, dizia a primeira postagem.

Carta de Parreira é ironizadaReprodução Internet

Na versão oficial, Lucia teve o texto escolhido pela comissão técnica entre centenas de cartas e e-mails enviados à CBF. Apesar da dor, muitos brasileiros foram solidários à fragilizada Seleção. Até Felipão, que assumiu o papel de culpado, vilão na frustrada busca pelo hexa, ganhou o colo da fiel torcedora.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

“Dizem que as mulheres não entendem de futebol, porém entendem de seres humanos. Portanto, envio um abraço com todo carinho para o senhor e toda sua equipe. Fique com Deus. Lembre-se que o sonho pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer. Quero dizer com essa citação que tudo vai passar e ficará bem. Saiba que como eu, há várias pessoas que estão acompanhando essa seleção que tem o privilégio de ser comandada pelo senhor”, destaca um trecho da carta lida por Parreira.

Entre lágrimas e sorrisos, os brasileiros tentam encontrar motivos para voltar a acreditar na Seleção depois dos 7 a 1 de terça-feira, o maior vexame de sua centenária e gloriosa história.

NEYMAR VOLTA A TERESÓPOLIS

Em recuperação de uma fratura na vértebra, Neymar vai visitar os colegas na Granja Comary. O craque é esperado a partir de hoje. Ele acompanhará a disputa do terceiro lugar contra a Holanda, no estádio Mané Garrincha.

Nesta quarta, Neymar recebeu a visita dos médicos do Barcelona, no Guarujá. Sua reapresentação na Espanha será no dia 5 de agosto. A Fifa ficará responsável pelo pagamento do salário do craque pelos primeiros 28 dias em que não poderá jogar.

Empresário de Neymar, Wagner Ribeiro atacou Felipão após a goleada. Chamou o treinador de velho babaca, arrogante, asqueroso, prepotente e ridículo.

Você pode gostar