'Não o vejo como o melhor da Copa', diz Mario Kempes sobre prêmio de Messi

Herói do título mundial da Argentina de 1978, ex-jogador afirma que atual camisa 10 da seleção não teve a atuação que se esperava dele e ameniza possível pênalti em Higuaín na final

Por O Dia

Argentina - Além de Diego Maradona, outro ídolo do futebol argentino criticou o prêmio de melhor jogador da Copa do Mundo dado ao compatriota Lionel Messi. Mario Kempes, de 60 anos e herói do primeiro título mundial do time alviceleste, afirmou que o atual camisa 10 da seleção não merecia a Bola de Ouro do torneio por não ter tido atuações convincentes na competição, apesar de ter marcado quatro gols.

Mario Kempes comemora gol sobre a Holanda na final da Copa do Mundo de 1978Reprodução Internet

Messi: 'Não tem nenhuma importância ser melhor jogador sem ganhar a Copa'

Messi recebe a Bola de Ouro da Copa do MundoAndré Mourão

"O desempenho de Messi não esteve à altura de um Mundial. Fez quatro gols nos primeiros jogos, mas não o vejo como o melhor da competição. A Argentina precisava dele, mas Messi não esteve tão presente como deveria. Faltou esse cérebro", disse o ex-jogador à rádio América, da Argentina. 

Maradona critica escolha de Messi como Bola de Ouro do Mundial: 'É injusto'

Sobre a final da Copa do Mundo, Kempes citou as chances perdidas pelos argentinos contra a Alemanha. Diferentemente da imprensa do seu país, o ex-atacante não viu pênalti de Neuer em Higuaín, e lembrou que o comandado por Alejandro Sabella não soube aproveitar as chances de gol durante a decisão.

Blatter declara que se surpreendeu com escolha de Messi como melhor jogador

"A jogada do Higuaín foi confusa e poderia ter decidido o jogo, caso o goleiro fosse expulso e o pênalti fosse marcado. Mas não seria preciso chegar a esse ponto. A Argentina teve tudo para ganhar, mas cometeu vários erros e desperdiçou as chances. Não acho que seja necessário culpar os outros pelas nossas falhas", finalizou.

Últimas de _legado_Copa do Mundo