Por pedro.logato


Rio - No futebol moderno, de muito contato, contusões que envolvem grande esforço muscular são cada vez mais comuns. Uma das lesões mais frequentes na atualidade é a na região do púbis. Jogadores importantes como Kaká, sofreram com a lesão recentemente. Por conta disso, esse tipo de contusão tem sido mais estudado recentemente pela medicina esportiva.

Luiz Alberto Rosan falou sobre crescimento de lesões muscularesReprodução Internet

''No caso do diagnóstico de Tubalgia, são necessários vários exames para diagnosticá-la. Há um aparelho conhecido como Tanyx, que é um avanço nesta questão. Ele colabora para diminuição das dores que os atletas sentem. O uso do TENS é sempre após os treinos, no local da dor questionada, queixa específia'', afirmou o fisioterapeuta da seleção brasileira, Luiz Alberto Rosan.

Segundo o médico, esse tipo de lesão não tem como ser prevenida. No entanto, os estudos que estão sendo feitos são para diminuir o tempo de recuperação dos atletas a esses tipos de contusões. Atletas da seleção brasileira já estão tendo acesso ao Tanyx, que acelera o retorno dos atletas aos gramados.

''O Tanyx age como um acelerador na recuperação das lesões. Ontem (quinta) durante o voo da Seleção Brasileira de Fortaleza para Salvador, alguns atletas usaram o TENS como tratamento fisioterápico. Esse tratamento acelera a recuperação das lesões'', concluiu o médico.

Você pode gostar