Por rafael.arantes

Fortaleza - A seleção da Espanha voltou a treinar em Fortaleza e se manteve focada na competição, sem falar sobre os protestos que vêm acontecendo no Brasil durante a Copa das Confederações. A onda de manifestações fez com que a FIFA emitisse um comunicado garantindo que o torneio não será cancelado.

Espanha treinou antes de duelo contra a NigériaEfe

Os espanhóis não falaram sobre a situação, elogiaram o Brasil e se concentraram nos temas esportivos. A seleção espanhola iniciou os preparativos para a última partida da fase de grupos. A equipe terá um período menor de descanso antes do próximo jogo, que acontece neste domingo, mas a situação não preocupa o técnico Vicente Del Bosque, pois escalou o time reserva na goleada de 10 a 0 contra o Taiti na quinta-feira, no Maracanã.

A preparação foi na Universidade de Fortaleza em um campo com perfeitas condições e cercado por uma pista de atletismo. Após os exercícios físicos, os titulares fizeram um treino coletivo em campo reduzido e sem os goleiros. Depois, fizeram um treino mais intenso com a participação dos goleiros.

Del Bosque dividiu os titulares em dois times que se enfrentaram, um com Piqué, Jordi Alba, Cesc Fàbregas, Iniesta e Soldado e o outro com Arbeloa, Busquets, Xavi Hernández, Pedro e Jesús Navas. Apesar de ser o único jogador que não entrou como titular em nenhuma partida, Navas jogou todo o segundo tempo contra o Taiti e pode ser a novidade da equipe principal no domingo. Amanhã, Del Bosque vai fazer o último treino com todos os jogadores antes do jogo. A Espanha enfrenta a Nigéria no próximo domingo no estádio Castelão em Fortaleza às 16h.

Você pode gostar