Por rafael.arantes

Paraná - Após ser derrotado em casa para a Ponte Preta, o Flamengo foi até Joinville para tentar se reencontrar com as vitórias, mas acabou ficando no quase. Depois de um início nada bom, o time da Gávea começou a partida perdendo, mas conseguiu melhorar o desempenho na reta final e garantir um empate em 2 a 2 com o Atlético-PR.

Sem Renato e Rafinha, que começaram a partida no banco de reserva, o Flamengo começou o jogo com uma postura ofensiva. Buscando a vitória, o time da Gávea começava a arriscar mas não tinha sucesso na hora da finalização. Com grande parte da responsabilidade sobre o jovem Gabriel, a equipe chegava a criar algumas chances mas, isolado, Marcelo Moreno não conseguia resolver.

Flamengo empatou com o Atlético-PRGazeta do Povo

Sem criar muitas oportunidades de gol, o Flamengo começava a se complicar quando o Atlético-PR se projetava ao ataque. Sem Ramon, João Paulo foi a opção para a lateral, mas também não se encontrava muito bem na partida. Após conseguir segurar algumas boas chances, a zaga do Fla vacilou após cobrança de lateral e viu Éderson balançar as redes e abrir o placar para os donos da casa aos 32 minutos do primeiro tempo.

Na segunda etapa, Jorginho resolveu optar pela entrada da dupla barrada no início do jogo. Rafinha e Renato entraram nos lugares de Léo Moura e Carlos Eduardo, mas a equipe ainda não conseguia se encaixar. Mesmo com a velocidade da jovem revelação, o Flamengo esbarrava na boa marcação do Atlético-PR e não chegava com perigo ao gol de Weverton.

Aos 20 minutos da segunda etapa, o Flamengo criou sua melhor chance. Após cruzamento da esquerda, Renato subiu livre para cabecear, mas acabou mandando para fora. Indignado com o lance perdido, o meia chegou a balançar as redes aos 26 minutos, mas viu o auxiliar assinalar impedimento a anular o que seria o gol de empate do Flamengo.

Renato entrou no segundo tempo e teve boa atuaçãoGazeta do Povo

Após ver o gol de Renato ser anulado, o Flamengo se deparou com o maior caos da partida. Dois minutos depois, o Dragão aumentou a vantagem com mais um gol de Éderson, que acertou voleio após cruzamento da direita. Cinco minutos após sofrer o segundo gol, a equipe rubro-negra ensaiou sua reação com Marcelo Moreno, que cabeceou para diminuir o placar e viu Renato empatar a partida dois minutos depois.

Melhor nos minutos finais, o Flamengo ainda esboçou uma reação, mas acabou esbarrando nos erros do ataque. Pelo outro lado, os donos da casa ainda deram bastante trabalho para o goleiro Felipe, que ainda fez grande defesa após cobrança de falta na entrada da área. Com o empate, o time carioca conquistou o segundo ponto no Brasileirão.

Você pode gostar