Por pedro.logato

Rio - O ex-presidente do Flamengo, Edmundo Santos Silva, vai ter que devolver aos cofres do clube da Gávea mais de R$ 18 milhões. O desembargador Sidney Hartung, da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, condenou o ex-mandatário rubro-negro em segunda instância.

Ex-presidente foi condenado pela JustiçaDivulgação

O Flamengo move um processo contra Edmundo questionando as prestações de conta no período em que ocupou a presidência. A sentença foi proferida no dia 31 de julho e ainda cabe recurso. O ex-mandatário deixou o clube da Gávea em 2002 por conta de um impeachment.

"Sentença que homologou as contas apuradas pelo ilustre perito do Juízo em seu laudo técnico, condenando o Réu ao pagamento da importância de R$ 18.771.671,73 (dezoito milhões, setecentos e setenta e um mil, seiscentos e setenta e um reais e setenta e três centavos) ou 9.690.105,167 Ufir/RJ, corrigidos monetariamente a partir da data da apuração, isto ocorrido em 07 de outubro de 2009, bem como juros legais, a partir da citação. Condenou, ainda, o Réu ao pagamento das custas e despesas processuais, e, honorários advocatícios fixados em 10% (dez por cento) sobre o valor da condenação", afirma o texto do documento disponível no site do Tribunal de Justiça.

Você pode gostar