'Não sou maluco, não vou inventar nada', avisa Jaime de Almeida

Técnico não deve fazer muitas mudanças no time que era de Mano Menezes no jogo contra o Náutico, neste domingo

Por O Dia

Pernambuco - O Flamengo vai encarar o Náutico, neste domingo, na Arena Pernambuco, ainda ao estilo Mano Menezes, que pediu demissão na quinta-feira após derrota para o Atlético-PR. Com a responsabilidade de comandar o time, Jaime de Almeida adiantou que não deve fazer muitas mudanças.

Jaime de Almeida tem a missão de comandar o Flamengo contra o NáuticoCarlos Moraes / Agência O Dia

"Não sou maluco, não vou inventar nada. Temos uma equipe que jogou na quinta, vamos jogar domingo. O pessoal está cansado, e o resultado também foi ruim mentalmente. Tenho a formação, não terá mudança radical. Uma coisa simples e objetiva", disse Jaime.

O técnico, porém, não confirmou a equipe. Ele tem dúvida quanto à zaga. Samir, após cumprir suspesão, está à disposição. Wallace, Chicão e González são outras opções.

Jaime comandou um treino tático, neste sábado, no Estádio do Arruda, em Recife. Ele falou sobre a saída repentina de Mano Menezes.

"A saída do Mano pegou a todos nós de surpresa, não adianta dizer que não. É hora de baixar a bola, acalmar, temos de vencer, com todo respeito ao Náutico. Sou profissional, funcionário do Flamengo. Infelizmente, quando acontece essa saída, a responsabilidade fica a meu cargo", disse.

O Flamengo ocupa a 15ª colocação, com 26 pontos, dois a mais do que o Criciúma, primeiro clube na zona de rebaixamento.