Por rafael.arantes

Rio - Após vencer o Goiás e garantir sua classificação para a final da Copa do Brasil, o Flamengo voltou a encarar o Esmeraldino mas, desta vez, ficou no empate. Com uma baixa presença da torcida, o time da Gávea jogou mais da metade da partida com um jogador a mais, mas nem isso foi suficiente para garantir os três pontos. Mesmo com direito a gol do Brocador Hernane, a partida acabou empatada em 1 a 1.

>>>FOTOS: Veja as melhoras imagens da partida entre Flamengo e Goiás

O jogo era pegado. Enquanto o Goiás buscava a vitória para deixar para trás a eliminação na Copa do Brasil e tentar chegar de vez ao G4 do Brasileirão, o Flamengo queria manter o embalo e apostava em mais um show da sua torcida no Maracanã. Num ritmo lento, a partida teve poucas chances de gol no primeiro tempo, sendo uma das mais perigosas logo aos sete minutos, em chute de Léo Bonatini, na trave. Cinco minutos depois, Hernane tentou responder para o Fla, mas sem muito perigo.

Bastante disputado, o jogo contava com um grande número de faltas. Com mais posse de bola, o Flamengo também sofria o maior número de faltas e acabou vendo o meia Hugo, do Goiás, ser expulso aos 31 minutos da primeira etapa. Após a expulsão de Hugo, o Flamengo tentava aproveitar a superioridade em campo, mas foram os rivais que mais assustaram. Aos 38 mkinutos, o Esmeraldino voltou a acertar a trave, assustando o goleiro Paulo Victor e o ídolo Zico, que acompanhou a partida na tribuna de honra do estádio.

Fla sofreu com a dura marcação do GoiásAlexandre Brum / Agência O Dia

Com um a mais, Jayme apostou na entrada de Rafinha no início do segundo tempo. A aposta era para que o Flamengo buscasse os ataques pelas laterais e com mais agilidade, mas a boa marcação do Goiás dificultava a vida dos donos da casa. No entanto, não demorou muito para que a história mudasse e aos cinco minutos, Hernane abriu o placar para o Flamengo após boa jogada entre Adryan, Paulinho e o Brocador. Empolgado, o Rubro-Negro quase aumentou a vantagem com Paulinho, que arrancou livre, mas acabou mandando para fora.

O embalo do Flamengo acabou sendo parado aos 17 minutos. Após cobrança de falta, Rodrigo pulou mais alto e acertou o ângulo do goleiro Paulo Victor para empatar o placar. Após o empate a partida voltou a esfriar. As equipes buscavam o ataque, mas evitavam correr risco de se expor ao adversário. Com o passar do tempo, as marcações apertaram e o jogo acabou ficando ainda mais truncado.

A maior posse de bola não ajudava o Flamengo a marcar novamente e os contra-ataques do Goiás não tinham grande sucesso, fato que fez a partida terminar empatada no Maracanã, após uma grande defesa de Renan em um dos últimos lances do jogo.

Você pode gostar